quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Legendas trocadas no "Farpas" de amanhã...


Coisas que acontecem! Só agora, com o jornal impresso, detectámos que houve trapalhada nas legendas das páginas centrais do "Farpas" de amanhã (entrega de troféus da Tertúlia Setubalense), muitas das quais estão trocadas.
Facilmente se compreende a trapalhada, mas fica o aviso à navegação. Com os nossos pedidos de desculpas,

João Duarte reage a entrevista de Francisco Costa (amanhã no "Farpas"): "Ele nem é testemunha..."


Contactado, o empresário João Duarte reagiu já à "bombástica" entrevista de Francisco Costa na edição de amanhã do semanário "Farpas", anunciada há momentos aqui no "Farpas Blogue":
"Não li a entrevista ainda, obviamente, porque o jornal só sai amanhã, mas o que posso dizer é que não faz sentido o Francisco Costa vir reagir alegando que foi arrolado como minha testemunha, quando na verdade o não foi. O processo, patrocinado pelo Dr. Dória Vilar, deu entrada na semana passada e o nome dele não consta do rol de testemunhas...".
O anúncio de que Francisco Costa seria uma das testemunhas de João Duarte foi avançado há duas semanas pelo jornal "Farpas", depois de o mesmo ter sido equacionado no jantar do famoso advogado com o empresário e em que esteve presente, como se documenta na foto, o director do jornal.
Miguel Alvarenga esclarece:
"Nesse jantar, falou-se de vários nomes que poderiam vir a testemunhar no processo e um deles foi, de facto, o de Francisco Costa. Daí termos noticiado isso. Posteriormente e como ele mesmo agora confirma, João Duarte acabou por não o arrolar como testemunha. Mesmo assim, isso não invalida a entrevista e os comentários de Francisco Costa à guerra Duarte/Associação de Forcados, pelo que a entrevista de amanhã continua, a meu ver, actualíssima e oportuna".
O processo instaurado por João Duarte contra a Associação Nacional de Grupos de Forcados, que segundo o empresário eram dois e não apenas um e já tinham dado entrada em Dezembro, só avançou na semana passada afinal.

Foto D.R.


João Moura Caetano arranca em Espanha


O cavaleiro João Moura Caetano divulgou no seu site oficial as primeiras datas da sua temporada, que arranca no próximo dia 20 de Março em Espanha, na praça de Calamonte, seguindo-se Almendralejo a 9 de Abril, Campanário a 30 do mesmo mês e Talayuela a 1 de Maio.
Em Portugal, Moura Caetano toureia a primeira corrida no dia 23 de Abril na Benedita e no dia 29 na Azambuja. Actuará ainda em Junho em Santarém e a 9 de Julho em Ferreira do Alentejo. No dia 29 de Julho competirá ma Monumental do Montijo com Diego Ventura e um terceiro cavaleiro.

Foto João Dinis

Levesinho esta noite no "Burladero de Imprensa"



O empresário da praça de Vila Franca de Xira, Ricardo Levesinho, é o entrevistado de hoje de Catarina Bexiga no programa "Burladero de Imprensa" da Rádio Voz de Alenquer, entre as 21 e as 22 horas - que pode ser ouvido nas frequências 93.5 e 100.6FM ou via internet através do endereço www.radioalenquer.com.
Levesinho deverá revelar esta noite as linhas mestras da temporada na "Palha Blanco", praça à frente da qual foi merecidamente reconduzido pela Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira.

Fotos Flávio Oliveira/site "taurodromo.com" e D.R.


Entrevista "explosiva" de Francisco Costa amanhã no "Farpas"!


Uma "explosiva" entrevista de Francisco Costa amanhã no "Farpas" promete agitar (e de que maneira!) as hostes taurinas.
"A Festa anda adormecida, são precisas polémicas destas para abanar e mexer com as coisas!" - defende o director Miguel Alvarenga.
Antiga glória dos Amadores do Montijo, ex-cabo dos Forcados Lusitanos e líder da Selecção de Forcados que, devido ao veto da ANGF, pegou nos dois últimos anos na corrida do jornal, Francisco Costa esclarece que não foi visto nem achado, como se noticiou, para testemunhar no processo instaurado pelo empresário João Duarte contra a Associação Nacional de Grupos de Forcados e diz que "apesar de discordar de muitas directrizes da sua direcção, estarei sempre ao lado da ANGF. Fuzileiro uma vez, Fuzileiro para sempre, um lema que também se adapta aos Forcados!".
Também no "Farpas" de amanhã, em exclusivo, as novidades das possíveis mudanças em curso na equipa de apoderamento dos Mouras, onde, revela o jornal, Julian Alonso está de saída e José Cutiño de malas aviadas para entrar!
Uma edição de estalo amanhã nas bancas!

Paulo Jorge Santos substitui Manuel Caetano domingo em Atarfe

Em primeira mão: o cavaleiro Paulo Jorge Santos substituirá o anunciado Manuel Caetano (por motivos de doença) na segunda eliminatória do V Certame de Rejoneio em Atarfe (Granada) já no próximo domingo, 27 de Fevereiro.
Lidam-se toiros de Villamarta e Paulo Jorge vai actuar mano-a-mano com o rejoneador espanhol José António Mancebo. Pegam nesta corrida os Forcados Amadores do Clube Taurino Alenquerense e haverá ainda exibição de Recortadores em dois toiros.
O Certame de Atarfe iniciou-se no domingo passado com um êxito português da cavaleira Ana Rita (que cortou uma orelha) e do Grupo de Forcados Amadores de Coimbra (que executou duas emocionantes pegas ao primeiro intento).
O ciclo prossegue no dia 6 de Março com a terceira eliminatória (onde a única presença lusa será a dos Forcados do Ramo Grande, da Ilha Terceira) e a grande final está marcada para 13 de Março.

Foto Bata

Santarém já mexe!


A empresa "Aplaudir" acaba de divulgar a foto de mais um dos imponentes toiros da ganadaria Couto de Fornilhos - o "Endiabrado", nº 17 - a lidar no próximo dia 20 de Março na corrida de abertura da temporada na Monumental de Santarém - cujo cartaz oficial foi também apresentado.
O cartel, como já era do conhecimento público, é formado pelos cavaleiros João Salgueiro, João Ribeiro Telles Jr. e Tiago Carreiras, estando as pegas a cargo dos Amadores de Santarém e de Alcochete.
A corrida está integrada nas Festas de S. José e, como em anos anteriores, há bilhetes desde 5 euros - "Preços para todos só em Santarém!".

Diogo Palha sem papas na língua


Pela lucidez e oportunidade (no tempo certo) com que aborda, sem papas na língua, o tema em questão, publicamos, com a devida vénia, o importante artigo dado hoje à estampa no site "tauromaquia.com" por Diogo Palha. Para ler e meditar.



Não há PróToiro, não há reacção...
por Diogo Palha
23 de Fevereiro, 2011

Na passada segunda-feira teve lugar a entrega de Prémios da Sociedade Portuguesa de Autores, eventos que a RTP transmitiu no seu canal 1.
Durante a entrega dos prémios um dos galardoados, um encenador de seu nome Luís Mário Lopes, aproveitou o seu tempo de antena para dar o seguinte recado: "Senhora Ministra da Cultura, deixe de apoiar as touradas e apoie mais o teatro".
Na nossa sociedade, que felizmente vive em liberdade, a ignorância é um direito e dizer alarvidades em directo na TV é o "pão nosso de cada dia". Por isso até acho normal que o tal Luís Mário Lopes seja ignorante e mostre a sua ignorância em directo na TV. O que já não me parece normal é que a Festa e os seus principais agentes continue impávida e serena a assistir a estas coisas sem reagir, sem repôr a verdade, sem vir a público dizer que o encenador Luís Mário Lopes é ignorante e não sabe do que fala.
Já diz o ditado que "quem não se sente não é filho de boa gente" e a Festa quando é atacada, ainda por cima de forma mentirosa e injusta, tem a obrigação de se sentir. Repito: tem a OBRIGAÇÃO de se sentir.
A maioria da população portuguesa não faz ideia de como funciona a tauromaquia em Portugal e, por isso, na segunda-feira passada por causa das palavras do tal Luís Mário Lopes, ficou com uma ideia errada de que a Festa é apoiada pela Ministério da Cultura e pela Ministra. Há que repôr a verdade.
1) Não se sabe se a Ministra da Cultura é aficionada ou não. O que se sabe é que é cumpridora da lei e a lei em Portugal diz que a Tauromaquia é INQUIVOCAMENTE (esta palavra faz parte do decreto-lei) parte da Cultura Portuguesa. Ora se assim é, cabe ao titular da Pasta da Cultura, seja ele quem for, cuidar da Tauromaquia, como lhe cabe cuidar das restantes formas de cultura. É a lei que o diz e os governantes devem cumprir a lei.
2) A Tauromaquia não recebe um único euro do Ministério da Cultura. Do orçamento do Ministério da Cultura não sai um único euro para a Festa dos Toiros. Ao contrário do que sucede para o teatro (certamente para as peças encenadas pelo tal Luís Mário Lopes que ao contrário da Tauromaquia não consegue que o público se interesse para comprar os bilhetes suficientes para suportar o seu negócio, daí ter de andar a pedinchar à Ministra da Cultura).
3) A Tauromaquia paga ao Ministério da Cultura muitas dezenas de milhares de euros por ano em licenças.
4) A Tauromaquia até paga à Sociedade Portuguesa de Autores, em todos os espectáculos que se realizam, pelo direito da Banda tocar músicas que foram escritas por algum autor. É de mau gosto ir a uma gala receber um prémio e ofender e mentir sobre um contribuinte da entidade que dá o prémio, mas enfim, não podemos pedir que o tal Luís Mário Lopes não seja ignorante, mentiroso e mal educado.
Cabia à PróToiro ter reagido logo. Cabia-lhe ter feito chegar um Comunicado à RTP, à SPA e à comunicação social. Cabia-lhe repôr a verdade, não só na sua defesa mas também na defesa da própria Ministra da Cultura. Defender a Ministra porque ao contrário de outros esta não tem vergonha de cumprir a lei não se faz dando-lhe almoços e palmadinhas nas costas, faz-se com cidadania e a Festa tem de assumir de uma vez que tem a OBRIGAÇÃO de se defender e de se promover.
Quando ao tal Luís Mário Lopes, aconselho-o a que peça com mais insistência dinheiro ao Ministério da Cultura pois se agora já não consegue vender os bilhetes suficientes para tornar as suas encenações viáveis, fica a saber que ainda menos venderá pois nenhum aficionado irá ver as suas peças, a começar pela sua peça actual "Casa dos Anjos". Ao contrário dos "chulos" do orçamento do Ministério da Cultura que precisam do dinheiro de quem não tem interesse nenhum em ver as suas obras para sobreviverem, a Festa dos Toiros vive por si só e pela afición das centenas de milhares de portugueses que vão aos toiros todos os anos.

Foto D.R./site "tauromaquia.com"

Pablo, Telles e Moura a 5 de Maio em Lisboa


António Ribeiro Telles é o cavaleiro que faltava divulgar no cartel de 5 de Maio no Campo Pequeno, para o qual estavam já certos Pablo Hermoso de Mendoza e João Moura Júnior, como o "Farpas Blogue" avançou em primeiríssima mão na semana passada.
A revelação foi ontem feira pelo cavaleiro da Torrinha numa entrevista a Hugo Calado no programa "Tauromania" da Rádio Campanário.
Os toiros para este "duelo" pertencem à ganadaria Passanha.

Foto D.R.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Sevilha: mais um cavaleiro português "a caminho"


Os verdadeiros cartéis da próxima Feira de Sevilha só deverão ser oficialmente anunciados pela empresa Pagés durante o fim-de-semana. Para já, temos os elencos não oficiais avançados esta semana pelos sites espanhóis.
Rui Fernandes e João Moura Jr. são os únicos portugueses anunciados na tradicional corrida matinal de rejoneio de encerramento do ciclo, a 8 de Maio, mas podemos avançar que um terceiro cavaleiro português pode entrar nesse cartel.
Os sites anunciam a presença de Ventura nessa corrida de seis cavaleiros, mas o rejoneador deverá entrar apenas no cartel forte de rejoneio com Hermoso e Leonardo (1 de Maio).

Foto D.R.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

9 de Abril: João Maria Branco estreia-se de casaca em Cuba


O promissor cavaleiro de Estremoz, João Maria Branco, faz a sua estreia como cavaleiro praticante, usando casaca e tricórnio, na corrida de toiros que no próximo dia 9 de Abril se realiza em Cuba (Beja) e onde vai alternar ao lado de duas figuras do toureio, Luis Rouxinol e Rui Fernandes, frente a toiros espanhóis de José Luis Marca - informou ontem o seu Gabinete de Imprensa. Nesta corrida actuam ainda os Forcados Amadores de Cuba (organizadores do espectáculo) e outro grupo por designar.
Após brilhante carreira como amador, João Maria Branco presta provas para cavaleiro praticante no festival que no próximo dia 5 de Março se realiza no Coliseu do Redondo.

Foto Ricardo Relvas

Festa de luto pela morte do Dr. Francisco Palha Botelho Neves


Está de luto a Festa Brava pela morte, ontem, de um dos grandes vultos do meio taurino português, o Dr. Francisco Palha Botelho Neves, ganadeiro, insigne aficionado, advogado, conferencista e escritor.
Natural de Lisboa, onde nasceu em 1930, era descendente por via materna de uma família de lavradores e criadores de toiros bravos, sendo o último bisneto vivo de José Pereira Palha Blanco.
Foi durante longos anos representante e co-proprietário da ganadaria Palha.
Licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa, iniciou em 1956 a sua carreira de advogado, exercendo ao longo de mais de 50 anos e sendo mesmo alvo de uma justa homenagem por parte de Ordem dos Advogados.
Como escritor, assinou em várias revistas da especialidade, sendo co-autor, com o escritor francês Pierre Dupuy, da obra "Palha - Alquimia da Bravura".
Era docente das disciplinas de Ciência Sócio-Política e Cultural na Universidade Sénior de Braga.
Em Abril de 2009 (foto) foi alvo de significativa homenagem durante um festival realizado na praça de toiros da Terrugem pela Associação de Beneficência Amigos da Terrugem, de que foi presidente ao longo de mais de vinte anos, sendo na altura seu Presidente Honorário. Durante este festival, o Dr. Botelho Neves recebeu também justíssima homenagem por parte da Real Tertúlia Tauromáquica D. Miguel I.
O seu corpo encontra-se em câmara ardente no Centro Funerário de Elvas, onde hoje será rezada missa às 17h30, sendo depois cremado.
À ilustre Família enlutada, a equipa "Farpas" apresenta os mais sentidos pêsames.

Foto D.R.

3 orelhas: Ventura repete êxito em Mérida


Diego Ventura voltou a triunfar ontem em Mérida, onde iniciou com saída em ombros esta campanha mexicana. Frente a toiros de Rancho Seco, Ventura cortou uma orelha ao seu primeiro e duas no segundo, voltando a sair apoteóticamente em ombros.
Teve ontem por alternantes os matadores Alejandro Martínez (silêncio e assobios) e "El Payo" (ovação e assobios), que enfrentaram toiros da hanadaria de La Estancia e um de Huichapan.

Fotos Roberto Espitia

28º aniversário do Clube Taurino Vilafranquense


Coruche, 5 de Março: Círculo presta homenagens


Ana Rita corta orelha em Atarfe


A cavaleira Ana Rita cortou ontem a única orelha da tarde na primeira eliminatória do V Certame de Rejoneio em Atarfe, onde actuava mano-a-mano com a também portuguesa Joana Andrade (que foi aplaudida no seu primeiro toiro e deu volta no segundo).
Ana Rita cortou a orelha no seu primeiro novilho, mesmo depois de escutar um aviso e deu volta no segundo, após dois avisos. Exibiram-se também os Forcados de Coimbra, que executaram duas pegas à primeira tentativa e foram igualmente triunfadores desta primeira eliminatória. Lidaram-se novilhos-toiros de Prieto de la Cal e um de La Prusiana.
O espectáculo contou ainda com uma exibição de Recortadores.
No próximo domingo, 27, as presenças portuguesas no Certame de Atarfe (Granada) serão as do cavaleiro Manuel Caetano e do Grupo de Forcados do Clube Taurino Alenquerense.

Foto D.R.

Mário Freire estável


É estável, dentro da gravidade, o estado do apoderado Mário Freire, de 82 anos, que continua internado e acompanhado pela Família no Hospital da CUF, em Lisboa.
Ontem registou algumas melhoras, felizmente.

Foto D.R.

Israel Téllez sofre grave cornada


O matador mexicano Israel Téllez sofreu ontem uma gravíssima cornada de 25 centímetros na perna direita quando jogava a vida frente a um perigosíssimo toiro de José Julián Llaguno na praça Nuevo Progreso, em Guadalajara, onde fazia a sua apresentação. O acidente ocorreu durante a lide do segundo toiro do seu lote, depois de no primeiro ter escutado silêncio. Operado na enfermaria da praça, o seu estado é ainda grave, mas estável.
Alternava com Aldo Orozco (silêncio e divisão de opiniões) e Ricardo Rivera (aplausos e silêncio).

Foto A. Barrera

Pablo falha com rojão e deixa fugir importante triunfo na Plaza México


Cerca de 40 mil espectadores viram ontem Pablo Hermoso de Mendoza deixar passar ao lado um importante triunfo na Monumental Plaza México, por ter falhado em ambos os toiros com o rojão de morte.
O rejoneador navarro, cuja apresentação nesta temporada na maior praça de toiros do mundo suscitou enorme expectativa entre a afición mexicana, rubricou duas faenas de sonho, mas acabou por perder os troféus na hora de matar. Hermoso de Mendoza foi ovacionado em ambos os toiros... e por aí se ficou uma tarde que podia ter sido de arromba!
Lidaram-se toiros de Los Encinos para a lide a cavalo de Luis Felipe Ordaz para a lide a pé. Os matadores "El Pana" (silêncio em ambos) e Pepe López (palmas e silêncio) passaram sem pena nem glória pela principal arena do México.

Fotos www.pablohermoso.net/Farpas

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

5 de Maio: Moura Jr. com Pablo Hermoso no Campo Pequeno



João Moura Júnior actuará ao lado de Pablo Hermoso de Mendoza no Campo Pequeno na nocturna de 5 de Maio - o cartel será de três cavaleiros, faltando definir quem competirá com os dois "gigantes".
Entretanto, podemos também adiantar que o Clã Moura está novamente contratado para uma "corrida familiar" na primeira praça do país.

Fotos www.pablohermoso.net e D.R.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Os "Ferraris" de Couto de Fornilhos para Santarém (20 de Março)


A empresa "Aplaudir" divulgou ontem as fotos de dois dos toiros que no próximo dia 20 de Março serão lidados na corrida de abertura de temporada na Monumental de Santarém, pertencentes à ganadaria de Couto de Fornilhos e que o empresário João Pedro Bolota classificou como "verdadeiros Ferraris", com pesos que atingem e nalguns casos ultrapassam os 600 quilos.
Serão lidados, como já foi noticiado, pelos cavaleiros João Salgueiro, João Telles Jr. e Tiago Carreiras e pegados pelos Amadores de Santarém e outro grupo.

Fotos D.R./cortesia empresa "Aplaudir"

Aula de toureio e colóquio este sábado em Vila Franca de Xira


Realiza-se este sábado, 19 de Fevereiro, a partir das 16h30, no Tentadero do Cabo (Vila Franca de Xira) uma Aula de Toureio integrada no I Encontro da Federação Mundial de Escolas Taurinas e na qual participarão jovens alunos das escolas de Madrid, Salamanca, Albacete, Jerez de la Frontera, Málaga, Badajoz, Nimes e Vila Franca de Xira (Escola "José Falcão"), que lidarão 6 novilhas da ganadaria Palha.
A partir das 19 horas, na sede do Clube Taurino Vilafranquense, terá lugar um colóquio subordinado ao tema "As Escolas Taurinas no Século XXI", com a participação de Fernando Masedo (presidente da Federação Internacional de Escolas Taurinas), Vitor Mendes (professor da Escola "José Falcão"), Manolo Carrion (director da Escola de Valência, Cristian Lesur (Escola de Nimes) e Eduardo Ordoñez (presidente da Associação Andaluza de Escolas Taurinas).
Decidiu o Clube Taurino Vilafranquense atribuir à Federação Internacional de Escolas Taurinas o "Prémio José Falcão" pelo trabalho desenvolvido em prol das Escolas Taurinas e da Cultura Tauromáquica. O prémio será entregue ao presidente da Federação no decorrer do colóquio.

Manos Telles amanhã ao jantar com a Tertúlia da Amizade


Os irmãos João e António Ribeiro Telles são os convidados da Tertúlia Tauromáquica da Amizade, que amanhã, sexta-feira, retoma em Lisboa, no Restaurante "A Prova dos 9", os seus habituais jantares de convívio sempre com figuras da Festa Brava.
Formada por jovens forcados pertencentes a vários grupos, a Tertúlia da Amizade iniciou a sua actividade e os seus jantares em Janeiro de 2009 tendo por primeiro convidado o director do jornal "Farpas", Miguel Alvarenga.
Seguiram-se Ricardo Chibanga, "Tomix", João Lupi, Álvarito Bronze, João Cortesão, Juliano Louceiro, João Cortes, Manuel da Câmara, Filipe Gonçalves, Rui Alexandre, Francisco Franco Mira, Jorge Faria, António José Pinto, António Manuel Cardoso, Manuel Calejo Pires, Nico Mexia, Pedro Balé, José Luis Gomes, Rogério Amaro, Rui Salvador, José Carlos Amorim, Carlos Empis, Joaquim Pedro Torres, João Pedro Bolota, Rafael Vilhais e Paulo Pessoa de Carvalho.
A Tertúlia da Amizade é composta por Francisco Mendonça Mira, António Grave de Jesus, António Vinagre, Filipe Mendes, Francisco Zenkl, Frederico Caldeira, João Braga, João Cabral, João Pedro Mota Ferreira, José Maria Cortes, José Pedro Pires da Costa, Salvador Manzarra e Tomás Pimenta da Gama.

Foto www.antonioribeirotelles.com

Associação de Ganadeiros alerta: cuidado com a Associação Redondense!


A Associação Portuguesa de Criadores de Toiros de Lide (APCTL) enviou ontem uma circular a todos os associados alertando para o facto de existir uma dívida da Associação Tauromáquica Redondense (responsável pela gestão do Coliseu do Redondo) para com uma ganadaria associada (Santo Estevão).
Não se trata, como já por aí constava, de um "veto" da Associação de Ganadeiros à praça de toiros do Redondo.
Como nos explicou o Dr. Vasco Lucas, secretário-geral da associação, "não temos poder para vetar ninguém, trata-se, sim, de um alerta que foi enviado a todos os ganadeiros associados para que se acautelem com o facto de a referida 'empresa' ainda não ter pago um curro a um associado nosso".
Contrariamente a outro rumor que hoje circulou no meio taurino e que incluia "outra empresa" na "lista negra" da APCTL, o Dr. Vasco Lucas esclarece que "isso não é verdade":
"A circular enviada ontem dá apenas conta desse caso com o Redondo, mas solicita, isso é verdade, aos associados que, caso tenham conhecimento de situações similares, as comuniquem à associação".
Recorde-se que está anunciado para o próximo dia 5 de Março um festival taurino que abre a temporada no Coliseu do Redondo e onde se lidarão novilhos-toiros de diversas ganadarias associadas (Veiga Teixeira, Canas Vigouroux, Samuel Lupi, Pinto Barreiros, Luis Rocha e Santiago).

Foto D.R.

Mário Freire não está melhor


A esperança deverá ser sempre a última a morrer, mas não me é fácil neste momento avançar com esta notícia: é grave o estado do nosso querido Mário Freire. Visitei-o esta manhã em Lisboa no Hospital da CUF e a diferença é já enorme em relação há oito dias, quando ainda brincámos, ainda lembrámos tempos passados, ainda rimos (com o João Duarte e o Francisco Caeiro). Estava Mestre Mário sentado ao lado da cama. Hoje já não está. Está deitado, lúcido, mas já mal articula as palavras. Só um milagre, neste momento, nos pode devolver o último grande "gentlemen" da nossa Tauromaquia.
Vim incomodado do hospital. Falei há momentos com o Luis Rouxinol. Há que ter toda a força do mundo! Hoje quero escrever e mal consigo. Merda de vida, esta!

Foto João Dinis

Tomás Pinto: alternativa em Santarém (10 de Junho) com Emídio Pinto, Moura e Ventura


O cavaleiro Tomás Pinto - uma das maiores certezas da nova vaga - tomará a alternativa na Monumental de Santarém no Dia de Portugal, 10 de Junho, apadrinhado por seu tio Emídio Pinto, com os testemunhos do Maestro João Moura e de Diego Ventura.
A revelação foi feita ontem pelo empresário João Pedro Bolota à jornalista Catarina Bexiga, no programa radiofónico "Burladero de Imprensa".
Os toiros para esta corrida pertencem à prestigiada ganadaria de Dª Maria Guiomar Cortes de Moura.

Foto João Dinis

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Coruche também para "Nené"


A empresa "Toiros & Tauromaquia", de António Manuel Cardoso "Nené, ganhou o concurso para adjudicação da praça de toiros de Coruche, depois de ontem se ter sabido também que vencera o de Reguengos.

Foto João Dinis

Amanhã nas bancas!


terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Chamusca para os Tendeiro


A empresa "Gestoiro", de Paulo e Rodrigo Tendeiro, deverá ser a vencedora do concurso para adjudicação da praça de toiros da Chamusca - adianta hoje o site "sol e sombra" de João Silva.
Falava-se de Ricardo Levesinho como preferido, mas pelos vistos não se confirma.

Foto D.R.

Bolsín da Arruda já tem cartaz


IGAC abre concurso para novos directores de corrida e médicos veterinários


A Inspecção-Geral das Actividades Culturais (IGAC) está a promover concurso para novos directores de corrida e médicos veterinários.
Toda a informação disponível no site da IGAC: www.igac.pt

"Nené" continua em Reguengos e pode ganhar Coruche


Depois da polémica com a Misericórdia local, proprietária da praça, que lhe negou o direito de opção por mais um ano na adjudicação da praça de toiros de Reguengos de Monsaraz, o empresário António Manuel Cardoso "Nené" ("Toiros & Tauromaquia") acabou por vencer o concurso de aluguer da praça!
Eram também concorrentes os empresários Vasco Durão (que, segundo soubemos, terá depois retirado a sua candidatura), Paulo Tendeiro e Carlos Pegado/Pessoa de Carvalho (que concorreram em conjunto).
Entretanto, deverá ser também anunciada amanhã, segundo apurámos, a vitória de "Nené" no concurso de ajudicação da praça de Coruche. Quanto à Chamusca, diz-se que o eleito pode ser Ricardo Levesinho ("Tauroleve"). Aguardem-se as confirmações.

Foto Emílio/Arquivo "Farpas"

Ventura ainda incerto na abertura do Campo Pequeno


Anunciada há semanas por Rui Bento, não está ainda confirmada a presença do rejoneador Diego Ventura na corrida de abertura da temporada do Campo Pequeno a 14 de Abril - noticia esta 5ª feira o semanário "Farpas", acrescentando que o eventual prolongamento da digressão do toureiro no México até aos primeiros dias de Abril pode motivar o atraso da chegada dos cavalos à Europa e comprometer a presença do "furacão" nesse espectáculo inaugural da época lisboeta.
Na semana passada, o "Farpas Blogue" revelou em primeira mão, embora a empresa não tenha ainda confirmado oficialmente, que a restante composição do cartel será formada pelos cavaleiros Rui Fernandes e Marcos Tenório Bastinhas e pelos grupos de forcados Amadores de Lisboa e de Santarém ou Montemor. O curro de toiros, esse já anunciado pela empresa, será de Murteira Grave.
Entretanto, também na sua edição desta 5ª feira, o semanário "Farpas" divulga as primeiras novidades da temporada 2011 no Campo Pequeno: o cartel da "Corrida Açoreana" de 19 de Maio, a entrega dos "Galardões/2010" a 27 deste mês na final do Bolsín Taurino da Arruda dos Vinhos, que se realiza na praça de Lisboa e mais notícias...
Podemos ainda avançar, de acordo com uma notícia dada no fim-de-semana pelo blog "diário taurino" de Hugo Teixeira, que a empresa projecta realizar em Julho uma corrida de homenagem aos Forcados; e que a 2 de Junho haverá uma corrida de 6 cavaleiros de Dinastia, em que estão confirmadas, para já, as presenças de António Maria Brito Paes, João Moura Caetano, Duarte Pinto, Telles Bastos e Salgueiro da Costa.

Fotos M. Alvarenga

"Tauroleve" (Levesinho) apodera Pedro Salvador


 A empresa "Tauroleve", de Ricardo e Rui Levesinho (adjudicatária da praça de toiros de Vila Franca e muito provavelmente também da da Chamusca) sucede a António José Baptista no apoderamento do valoroso cavaleiro Pedro Salvador - que na semana passada anunciara o final da sua relação com o ex-manager.
Em comunicado divulgado esta manhã, a empresa frisa que "ambas as partes acreditam que a gestão do valor e da valentia do cavaleiro, sendo efectuada pela 'Tauroleve', podem ser uma mais-valia para a Tauromaquia".
Sorte para a nova equipa!

Foto Pedro Batalha/cortesia "Tauroleve"

Acontece: um erro no "Farpas" desta semana...


Por lapso, só detectado depois de o jornal já se encontrar a rodar, na página 11 do "Farpas" da próxima 5ª feira, onde se noticia quais as empresas que concorreram a Coruche (e cujo vencedor deverá ser conhecido amanhã, 4ª feira), é referida no texto a praça de toiros de Setúbal e não a de Coruche (apesar de facilmente se entender que foi um erro, até porque o título da notícia não deixa dúvidas). Antes de o jornal sair à venda, rectificamos desde já a notícia e pedimos desculpa pelo engano. Um jornal sem gralhas é como um jardim sem flores...

sábado, 12 de fevereiro de 2011

5 empresas em 4 propostas para Coruche


Foram ontem abertas as propostas das empresas concorrentes à praça de toiros de Coruche pelo triénio 2011/2012/2013, salientando-se o facto inesperado de, contrariamente ao que o próprio Rui Bento afirmara em recente entrevista, a Sociedade Campo Pequeno não concorreu... provavelmente indignada com o facto de a Misericórdia não ter optado por uma negociação directa da praça.
Foram quatro as propostas, segundo revelou o site "taurodromo.com":
- Empresa "Gestoiro" (Paulo Tendeiro): 91.250,00€ para o triénio.
- Empresa "Tauroleve" (Ricardo Levesinho): 140.000,00€.
- Empresas "Terra Brava" (C. Pegado) e "Toiros & Cultura" (Paulo Pessoa de Carvalho, que concorreram em conjunto: 82.500,00€.
- Empresa "Toiros & Tauromaquia" (António M. Cardoso): 135.900,00€.

Foto D.R.