quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Mercado de Natal até domingo no Campo Pequeno


Fotos D.R./@Campo Pequeno

Não perca amanhã: Famosos no jantar do Campo Pequeno

Miguel Alvarenga e o Dr. Paulo Pereira, RP da empresa do Camo Pequeno
Paulo Pereira, "Caló", Rui Bento e Luis Fialho Rico
Carlos Teles "Caló" e Pedro Reinhardt; em
baixo, Joaquín Moreno e a super-equipa
do bar "Volapié"


Durante o dia de amanhã vamos aqui publicar a grande foto-reoportagem de Maria João Mil-Homens e mostrar-lhe todos os Famosos que ontem marcaram presença no Campo Pequeno no jantar de entrega do galardão "Farpas"/"Volapié" ao valoroso Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca, distinção que o consagrou como mlehor grupo da temporada em Lisboa.

Fotos Maria Mil-Homens e D.R./@Volapié


E agora... Padilla no Campo Pequeno no próximo dia 14!


E agora, depois do sucesso do primeiro jantar de ontem, em que galardoámos o Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira, vai ter lugar na praça de toiros do Campo Pequeno já no próximo dia 14 de Dezembro (quarta-feira) o segundo jantar em que se entregará o troféu "Farpas"/"Volapié" ao matador espanhol Juan José Padilla, o novo ídolo da aficion portuguesa, consagrando-o como grande Triunfador da Temporada em Lisboa - de onde saíu duas vezes em ombros pela porta grande.
O jantar terá muitas surpresas - e presenças muito especiais - entra as quais momentos de Fado e Flamenco com Diamantina e Joaquín Moreno.
Para se inscrever (faça-o já, antes que esgote a lotação) deverá fazer a transferência (25€ por pessoa) para o NIB 0035 0001 0003 6242 4302 4 e de seguida enviar o comprovativo da mesma para volapie.tapascopas@gmail.com
Se tiver qualquer dúviva, contacte o bar "Volapié" através do telef. 217 930 043.

Fotos D.R.


Como Paulo Pereira ficou ontem sem o colarinho da camisa...



Reza a tradição cigana que arrancar o colarinho da camisa de alguém é um sinal do maior respeito e consideração de quem o faz (quem o arranca...) a que quem fica sem ele...
E foi o que ontem aconteceu no jantar do Campo Pequeno em que o "Farpas" e o bar "Volapié" galardoaram o Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira como grupo triunfador da temporada na primeira praça do país.
A dado momento da noite, o popular e sempre recordado forcado Carlos Teles "Caló" (na foto ao lado, com Miguel Alvarenga) arreganhou os dentes e, num ápice, sem que a vítima tivesse sequer tempo para pensar, arrancou, descosendo-o de uma só assentada, o colarinho da camisa do Dr. Paulo Pereira, Relações Públicas da empresa do Campo Pequeno e, durante muitos anos, crítico tauromáquico responsável pela secção taurina da agência ANOP e, posteriormente, da sua sucessora Lusa.
"Gosto muito de si!", disse "Caló" para justificar o seu feito. "E se no próximo ano não pegarmos no Campo Pequeno... já sabemos por que é que foi...", ironizou o cabo Ricardo Castelo. A seguir, "Caló" arrancou o seu próprio colarinho também e ofereceu a Paulo Pereira, como compensação pelo estrago, um (um, apenas) bonito botão de punho...
A foto de cima não precisa de legenda... fala por si!

Fotos Maria Mil-Homens



Sucesso absoluto no jantar do Campo Pequeno consagrando o GFA de Vila Franca

Miguel Alvarenga e Joaquín Moreno, proprietário do bar taurino "Volapié",
fizeram a entrega do troféu ao cabo do GFA de Vila Franca, Rodrigo Castelo,
na persença de Rui Bento, em representação da empresa do Campo Pequeno
O Grupo de Vila Franca compareceu em peso com actuais e antigos elementos
e também alguns amigos
Francisco Sobral cantou como tão bem sabe e terminou a noite com um
apoteótico dueto com o popular forcado Carlos Teles "Caló"
Cantou e encantou: momento da actuação da jovem fadista vilafranquense
Margarida Arcanjo
Luis Capucha sublinhou que "estes troféus honram quem os recebe e quem os
entrega"
, louvando o Grupo de Vila Franca e os autores da iniciativa, o "Farpas"
e o bar "Volapié"
Maris José Garcia numa sentida e emotiva intervenção sobre o GFA de Vila
Franca, de que é grande admiradora; e, em baixo, um aspecto da Mesa de Honra


Teve ontem lugar no corredor da porta grande da praça de toiros do Campo Pequeno o primeiro dos seis jantares para entrega dos troféus outorgados pelo "Farpas" e o bar "Volapié" aos Triunfadores da Temporada na primeira praça do país, tendo sido os primeiros a receber o seu galardão os valentes Forcados Amadores de Vila Franca de Xira, comandados por Ricardo Castelo.
No momento da entrega do galardão, Miguel Alvarenga sublinhou que "apesar de haver outros premiados, começámos pelos Forcados exactamente por consideramos que eles são o grande pilar da Festa Brava em Portugal e os mais emblemáticos embaixadores da nossa Tauromaquia além-fronteiras".
"O Grupo de Vila Franca não ganhou este troféu por ter pegados os seis toiros de Canas Vigouroux na noite histórica de 16 de Junho, porque se fosse essa a razão estaria em clara vantagem sobre todos os outros grupos, já que foi em 2016 o único que se encerrou em Lisboa com seis toiros. Ganhou este troféu por que executou grandes pegas, o mesmo aconteceria, estou certo, se tivessem pegado apenas dois ou três toiros", disse o director do "Farpas".
E frisou:
"O Grupo de Vila Franca teve muitos outros grandes êxitos esta temporada, nomeadamente o da Feira de Outubro na sua praça 'Palha Blanco'. É um dos melhores grupos de forcados do país e às vezes até nem lhe reconhecem o devido mérito pelo facto de, ao pegar e ajudar tão bem, fazer parecer o difícil... fácil".
O director do "Farpas" manifestou publicamente o desagrado pela ausência de qualquer membro da direcção da Associação Nacional de Grupos de Forcados, cuja presença se impunha num acto em que se distinguia um dos seus associados como triunfador da época na mais importante praça de toiros do país.
Ao início do jantar usaram da palavra o Prof. Luis Capucha e a Drª Maria José Garcia, que enalteceram, com aplaudidas intervenções, o valor e o brio do GFA de Vila Franca. Luis Capucha fez questão de destacar que "estes prémios honram quem os ganha, mas também quem os entrega", felicitando a iniciativa do "Farpas" e do "Volapié". Maria José Garcia, espanhola há muito radicada em Portugal, sobrinha do Maestro Santiago Martín "El Viti", leu bonitas e emotivas palavras dedicadas ao grupo de que é grande admiradora, expressando todo o seu enorme sentimento pela arte de pegar toiros.
E depois... cantou-se o Fado! Excelentes interpretações da jovem fadista vilafranquense Margarida Arcanjo e de Francisco Sobral, que foram brilhantemente acompanhados por Luis Petisca na guitarra portuguesa e Armando Figueiredo na viola.
A sessão fadista terminou de forma apoteótica com o famoso forcado Carlos Teles "Caló" a interpretar um fado, em modo playback... na voz de Francisco Sobral...
Marcaram presença muitos aficionados e muitos elementos, actuais e antigos, do Grupo de Forcados de Vila Franca, entre os quais os antigos cabos João Dotti e Jorge Faria. A empresa do Campo Pequeno esteve representada por Rui Bento, director de Actividades Tauromáquicas e pelo Dr. Paulo Pereira, Relações Públicas da empresa, que até ficou sem o colarinho da sua bonita camisa, mas isso é uma história que a seguir vão poder ler aqui...
O jantar foi a típica e afamada paella do "Volapié" - que todos adoraram. E que será também a delícia dos restantes seis jantares de entrega de troféus aos Triunfadores do Campo Pequeno, o próximo dos quais já no próximo dia 14 deste mês de Dezembro, acto em que se fará a entrega do galardão ao matador espanhol Juan José Padilla, o novo ídolo da aficion portuguesa.
A lamentar, como ontem aqui referimos, as ausências (que se impunham!) de qualquer representante da Câmara de Vila Franca; do empresário da praça "Palha Blanco", Paulo Pessoa de Carvalho; de um, que fosse, representante da Associação de Forcados; e do canal Campo Pequeno TV, que tinha obrigação de ter registado um acontecimento em que se premiava o grupo de forcados triunfador da temporada naquela praça. Para já não falar da folclórica Federação Protoiro... que, pelos vistos, existe apenas para lançar marcas no mercado... que não servem mesmo para nada!
Assim vai a nossa Festa!
O importante foi o sucesso da iniciativa, a comparência em força dos elementos actuais e antigos do GFA de Vila Franca, a honrosa presença dos dois antigos cabos acima referidos e dos muitos aficionados que se associaram a este acto que muito engrandeceu Vila Franca e o seu valoroso Grupo de Forcados, o Campo Pequeno e a Festa em geral. A aposta do "Farpas" e do "Volapié" foi ganha. E dia 14 há mais!

Não perca, amanhã, a grande foto-reportagem de Maria João Mil-Homens: Famosos no jantar do Campo Pequeno.

Fotos Maria Mil-Homens

Monumental de Coruche vai a concurso


A praça de toiros Monumental de Coruche, nos últimos anos gerida pela empresa Tauroleve de Ricardo Levesinho (que já manifestou a intenção de não se recandidatar) vai a concurso - anunciam os seus proprietários, a Santa Casa da Misericórdia, a Irmandade de Nossa Senhora do Castelo e o Lar de S. José.
O Caderno de Encargos estará patente na sede da Santa Casa a partir da próxima sexta-feira, dia 2 de Dezembro e pode também ser solicitado, mediante a identificação da empresa concorrente, pelo endereço geral@scmcoruche.pt.
As propostas devem ser entregues em carta fechada na Santa Casa até às 17h30 do próximo dia 20 de Dezembro e a abertura das mesmas terá lugar uma hora depois. A decisão da proposta vencedora será tomada até 28 de Dezembro.

Foto M. Alvarenga


Feira Taurina de Mourão já tem datas



Como é tradição as festas em honra a Nossa Senhora das Candeias em Mourão darão o pontapé de saída a mais uma temporada em Portugal.
Tal como aconteceu este ano, em 2017 a vila alentejana receberá os aficionados com uma mini-feira taurina e as datas serão o tradicional dia 1 de Fevereiro (quarta-feira) e dia 4 do mesmo mês (sábado).
Os cartéis, uma vez mais com a marca do Dr. Joaquim Grave (foto ao lado), marcarão como é costume a temporada portuguesa e serão dados a conhecer no fim do mês de Dezembro.

Fotos Maria Mil-Homens e Emílio de Jesus


Não perca mais logo: a reportagem do jantar de ontem no Campo Pequeno



Não perca mais logo, aqui no "Farpas", a reportagem do jantar que ontem decorreu na praça de toiros do Campo Pequeno e onde se consagrou o Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira como melhor grupo da temporada em Lisboa.
O troféu "Farpas"/"Volapié" foi entregue ao cabo Ricardo Castelo (fotos) por Miguel Alvarenga e Joaquín Moreno, na presença de Rui Bento, director de Actividades Tauromáquicas da primeira praça do país.

Fotos Maria Mil-Homens


Graças a Deus! Animadoras melhoras de Luis Miguel da Veiga


Graças a Deus, não podiam ser melhores e carregadas da maior esperança as notícias que acabamos de receber, de fonte familiar, sobre o estado de saúde de Mestre Luis Miguel da Veiga (na foto, com sua Mulher, Luísa Freixo da Veiga), quase a cumprir-se (no próximo domingo, dia 4) um mês sobre o enfarte do miocárdio que sofreu em sua casa, em Montemor-o-Novo, e a preocupante e prolongada paragem cárdio-respiratória, que a todos fez recear como consequência a existência de lesões cerebrais que, felizmente, se não confirmam.
Luis Miguel da Veiga permanece internado na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Santa Marta, em Lisboa, para onde foi transferido há duas semanas, depois de ter estado inicialmente internado no Hospital de Évora, mas já consegue expressar-se pela fala e dialogar com os familiares, que são ainda as únicas visitas que pode ter, nomeadamente com sua Mulher e seus dois filhos.
A previsão de permanência nos Cuidados Intensivos é de três semanas, devendo o famoso toureiro depois passar a uma enfermaria. Neste momento, o seu estado clínico é estável e a recuperação, embora lenta, vai somando pontos dia após dia. Uma evolução esperada, depois de se confirmar que não ficaram sequelas em consequência da, repetimos, prolongada paragem cárdio-respiratória registada no dia em que sofreu o acidente cardíaco.
Graças a Deus, em breve tê-lo-emos de volta ao nosso convívio.

Foto Emílio de Jesus 



Rafael Vilhais: "Tratarei a praça da Moita como sendo a minha casa"

Rafael Vilhais com Pedro Brito de Sousa, presidente do C.A. da Sociedade
Moitense de Tauromaquia
, o matador Luis "Procuna" (professor da Escola de
Toureio e Tauromaquia da Moita) e a promissora novilheira Paula Santos
Rafael Vilhais e João Pedro Bolota: sucessão na Moita pode ter estragado
uma velha amizade... Vilhais garantira a Bolota que não concorreria se este
pretendesse continuar... e depois...


A Sociedade Moitense de Tauromaquia, SA confirma em comunicado que "o seu Conselho de Administração decidiu aceitar a proposta apresentada pelo Exmo. Sr. Rafael Vilhais para a exploração taurina da praça de toiros 'Daniel do Nascimento' nos próximos cinco anos".
Rafael Vilhais (fotos), por seu turno, escreveu na sua página da rede social Facebook:
"Hoje é para mim um assumir de responsabilidades acrescidas, uma praça que me diz muito, que a sinto como aficionado, por onde passaram grandes Figuras do toureio e continuarão a passar. Farei o melhor, o que eu sinto, o que a aficion merece, com a ajuda de todos será mais fácil, em tempos difíceis".
E acrescenta:
"Agradecido à Soc. Moitense de Tauromaquia pelo acordo de cinco anos. Tratarei a vossa casa como sendo a minha. Nestes próximos cinco anos, a Moita e a sua praça de toiros irá estar ao rubro. Deus nos dê vida e saúde e Toureiros dos bons. Olé, Moita!".

Fotos Emílio de Jesus, M. Alvarenga e Maria Mil-Homens

De hoje a domingo: Mercado de Natal no Campo Pequeno



Quatro notadas ausências no jantar do Campo Pequeno



Noite grande - grande mesmo! - e uma paella magnífica, no primeiro jantar de entrega dos troféus "Farpas"/"Volapié" na porta grande da praça de toiros do Campo Pequeno - para premiar o valoroso Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira como grupo triunfador da temporada lisboeta.
Mais logo, não perca aqui a grande reportagem de Maria João Mil-Homens.
Mas, antes, um reparo importante a quatro notadas (ou não...) ausências...
- A autarquia de Vila Franca primou pela ausência quando se premiava o seu Grupo de Forcados como triunfador na primeira praça do paía. Lamentável.
- O empresário Paulo Pessoa de Carvalho, adjudicatário da praça "Palha Blanco", deveria estar - e não esteve - na homenagem que Lisboa fez, justa e merecida, ao Grupo de Forcados da cidade. Lamentável.
- Poderia ser em primeiro lugar, mas só não é por que, na verdade, não tem a importância que alguns lhe dão. Aquela coisa a que chamam pomposamente Associação Nacional de Grupos de Forcados (Nacional? De Grupos de Forcados? Ou só de um ou de alguns?...) tinha que ter marcado presença - e não esteve ninguém. Potier não simpatiza com o "Farpas", entende-se. Mas há mais membros da pseudo-Direcção nunca eleita... ou não há? Mais que lamentável... vergonhoso!
- Por último, o chamado canal Campo Pequeno TV... onde estava? Existe apenas e só para nos mostrar touradas do século passado? Não comparece nos corredores da praça quando se faz um jantar de entrega de um prémio ao Grupo de Forcados triunfador da temporada em Lisboa? Vão só marcar presença no jantar de Padilla porque parece bem e é mais mediático? Não são empregados da empresa do Campo Pequeno? Então, Drª Paula Mattamouros, faça a fineza de os despedir. Não servem...

Fotos D.R./@Volapié

Ontem, 3ª feira: 5.719 leram o "Farpas"


Visualizações de páginas de hoje
237
Visualizações de página de ontem
5 719
Visualizações de páginas no último mês
186 656
Histórico total de visualizações de páginas
15 873 934

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Padilla em ombros em Londres!



Juan José Padilla foi este fim-de-semana o convidado especial da celebração do 57º aniversário do Club Taurino de Londres. O toureiro jerezano, que esteve acompanhado por sua Mulher, Lidia Cabello, recebeu o "Galardão Tradicional", a conhecida jarra de prata, das mãos do presidente do clube, em reconhecimento pela sua "larga trajectória profissional".
Mais de 300 sócios assistiram à homenagem e no final sacaram em ombros o toureiro.
No próximo dia 14 e depois de esta noite se ter realizado o jantar de entrega do troféu aos Forcados de Vila Franca, Padilla vai estar no Campo Pequeno para receber o troféu "Farpas"/"Volapié" que o consagra como grande triunfador da temporada em Lisboa.

Fotos aplausos.es

Funeral de Carlos Barreiros na 5ª feira na Golegã


As cerimónias fúnebres de Carlos Barreiros (à esquerda, na foto, com o Maestro José Júlio na tertúlia de Pedro Gonçalves em 2011), falecido ontem em Lagos, vão realizar-se na próxima quinta-feira, dia 1 de Dezembro. O corpo de Carlos Barreiros estará em câmara ardente a partir das 15h00 de amanhã, quarta-feira, na Capela Mortuária da Golegã. No dia 1, será celebrada missa às 11h00, seguindo o funeral para o cemitério da Golegã.
Que em paz descanse.

Foto D.R.


Troféu "Farpas"/"Volapié": GFA de Vila Franca distinguido esta noite no Campo Pequeno




Tem hoje lugar na praça de toiros do Campo Pequeno (corredores do átrio da entrada principal da praça) o jantar de consagração e entrega do troféu "Farpas"/"Volapié" ao emblemático Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira (primeiras fotos de cima), comandado por Ricardo Castelo, distinguido como grupo triunfador da temporada em Lisboa.
Este é, como temos noticiado, o primeiro dos seis jantares em que será feita a entrega de galardões aos Triunfadores do Campo Pequeno - e começámos precisamente pelos Forcados por serem os mais marcantes e mais representativos embaixadores da Festa Brava em Portugal e também os últimos grandes românticos da Tauromaquia.
Haverá intervenções de Maria José Garcias e Luis Capucha e Fados pelas vozes de Margarida Arcanjo e Francisco Sobral, acompanhados pelos guitarristas Luis Petisca e Armando Figueiredo.
Segue-se a 14 de Dezembro o jantar para entrega do prémio ao matador espanhol Juan José Padilla e os restantes jantares serão nos meses de Janeiro, Fevereiro e Março, para entrega dos galardões aos restantes premiados: o cavaleiro João Moura, as ganadarias de Murteira Grave (melhor curro) e Manuel Veiga (melhor toiro), os bandarilheiros António Telles Bastos (melhor peão de brega) e João Ferreira (melhor bandarilheiro), o matador Manuel Dias Gomes e o cavaleiro praticante Parreirita Cigano (ambos distinguidos como o pémio "Revelação"). Serão ainda prestadas nos próximos eventos Homenagens à Equipa Médica da praça de toiros do Campo Pequeno e ao cornetim José Henriques.

Fotos Emílio de Jesus, Maria Mil-Homens e D.R./@Volapié


Mónica Serrano confirma campanha em Portugal e Espanha



O Gabinete de Imprensa da rejoneadora mexicana Mónica Serrano confirma hoje em comunicado a "interessante temporada" que a mais famosa cavaleira do México virá fazer a Portugal e também a Espanha no próximo ano e que ontem mesmo foi anunciada por Rafael Vilhais, empresário que a apresenta já em Abril na tradicional Corrida Ovibeja.

Interessante temporada se avizinha no próximo ano em solo europeu para a rejoneadora mexicana Mónica Serrano.
O cartel que marcará o início desta importante temporada está formado pelos rejoneadores Andy Cartagena, Mónica Serrano e Francisco Palha, que estarão acompanhados pelos Forcados Amadores de Alcochete e de Beja, faltando definir a ganadaria, será a 29 de Abril de 2017 na praça de toiros "José Varela Crujo" na importante Feira Ovibeja, edição 34ª, que se realiza na cidade portuguesa de Beja.
Será em Janeiro que parte da quadra de cavalos de rejoneadora irá para a Europa, que a passo firme e depois dos triunfos alcançados nas suas últimas actuações, atravessa sem dúvida um dos melhores momentos da sua carreira.
Além da data já anunciada, prepara-se para a filha do inolvidável "Rei do Quiebro", Ramón Serrano, uma importante campanha nas principais praças portuguesas e espanholas. Proximamente, o cavaleiro português Vitor Ribeiro, membro da equipa da rejoneadora, fechará outros contratos com o importante empresário Rafael Vilhais. Datas e planos que iremos informando oportunamnete.

Prensa Mónica Serrano

Fotos D.R./@Prensa Mónica Serrano

Morreu Carlos Barreiros


Miguel Alvarenga - Morreu Carlos Barreiros (à esquerda, na foto), grande aficionado, natural da Golegã e que era, desde sempre, um dos mais ferrenhos adeptos do toureiro Pedrito de Portugal. Conheci-o há alguns anos, trazido pelo Pedro Gonçalves, que foi quem mo apresentou. Primo do meu querido amigo Rui Souto Barreiros, o Carlos era um homem de uma educaççao extrema, amigo do seu amigo, meio doido, mas doidos somos todos, afinal. Aventureiro, empreendedor, excelente profissional em qualquer área onde se envolvesse.
Pedrito de Portugal era "o seu menino", defendia-o e acredita ainda nela como poucos. O Carlos era um homem de convicções. Um português de gema. Convidei-o ao tempo a escrever no "Farpas", ainda em papel - e ele desenvolveu essa actividade com entusiasmo e dedicação. Era um homem culto, escrevia bem, tinha imenso sentido de humor.
Morreu ontem, disse-me o Pedro Gonçalves, ainda sem saber pormenores. O corpo será autopsiado amanhã em Lagos, onde vivia agora e onde partiu, realizando-se o funeral na quinta ou na sexta-feira na Golegã.
Perdi mais um amigo. Descansa em paz, querido Carlos.

Foto D.R.


João Mourão na quadrilha de Brito Paes



O valoroso bandarilheiro João Mourão (foto da esquerda) passa a integrar, juntamente com Luis Brito Paes, a quadrilha do cavaleiro António Maria Brito Paes (foto da direita), em substituição de Joaquim Oliveira, que esteve um ano em funções na equipa e, como se sabe, passa agora a estar em Espanha ao serviço da rejoneadora francesa Lea Vicens.
O apoderado do cavaleiro, Rui Palma, comunica a alteração em comunicado e deseja a Joaquim Oliveira, "em meu nome e em nome da Família Brito Paes, um obrigado e muita sorte para o futuro".

Fotos D.R.


Ontem, 2ª feira: 6.048 leram o "Farpas"



Visualizações de páginas de hoje
1 622
Visualizações de página de ontem
6 048
Visualizações de páginas no último mês
191 621
Histórico total de visualizações de páginas
15 869 600