segunda-feira, 21 de Abril de 2014

Campo Pequeno/2014: uma Temporada Única!


Pablo em ombros com Juan Pablo Sánchez ontem em Texcoco (México)



Pablo Hermoso de Mendoza - dia 15 de Maio no Campo Pequeno na corrida de abertura da Temporada 2014, com Rui Salvador e João Moura Jr. - saíu ontem em ombros da praça "Silvério Pérez" em Texcoco (México), depois de ter cortado as duas orelhas ao seu segundo toiro e de ter sido aplaudido no primeiro, ambos da ganadaria de Fernando de la Mora. O rejoneador espanhol foi acompanhado na saída em ombros pelo matador Juan Pablo Sánchez (foto de cima), que cortou uma orelha no primeiro toiro e duas no segundo. Arturo Macías foi aplaudido num toiro e obteve uma orelha no outro.
No sábado, na Corrida Ponciana realizada em Pachuca (foto ao lado), Pablo Hermoso foi silenciado no primeiro toiro e ovacionado no segundo, onde teve petição de orelha, brindando o público a presidência com uma bronca enorme por não a ter concedido.

Fotos Luis Filipe Hernández Peña e Edmundo Roca/suertematador.com


Empresários não se entendem...



A empresa "Toiros & Tauromaquia" de António Manuel Cardoso "Nené" (foto), adjudicatária da praça de toiros de Évora, veio a público lamentar ter sido obrigada a anunciar para 31 de Maio o tradicional Concurso de Ganadarias que por norma se realiza no terceiro fim-de-semana do mês de Maio (este ano, dia 17), por nessa mesma data ter sido anunciado um festival para o Coliseu de Elvas.
"Lamentamos que a organização desse festival tenha sido insensível aos nossos argumentos e até aos da APET (Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos), obrigando-nos em definitivo a mudar uma data tão carismática como é esta do concurso de ganadarias", refere o comunicado, lamentando também que "para além do mais, fomos 'cair' em plena Feira da Ascensão da Chamusca, a que pedimos desculpa por esta intromissão forçada, por falta de outras alternativas".
A empresa "Toiros & Tauromaquia" lamenta ainda que "todos os anos e cada vez mais, apareçam estes 'empresários em pára-quedas' que prejudicam os profissionais, que arriscam o seu dinheiro e as suas ilusões e que se vêem comprometidos perante estas atitudes. Já será suficiente a crise instalada, quanto mais se arranjarem motivos para a agravar".

Foto Hugo Teixeira/cortesia diariotaurino.blogspot.com

Festival cancelado: Caetano não toureou ontem em La Garrovilla


Foi cancelado, por mau tempo, o festival que ontem se deveria ter realizado na localidade espanhola de La Garrovilla, na província de Badajoz e onde devia ter actuado o cavaleiro João Moura Caetano.

Foto Emílio de Jesus/Arquivo

Espontâneo foi a estrela ontem na Maestranza de Sevilha...

Espontâneo em tronco nu foi o herói da tarde ontem em Sevilha...
Momento de apuro de Manuel Escribano com o toiro de Miura a "passar-lhe por
cima"
depois de o ter recebido de joelhos à porta da gaiola...

Desilusão também ontem em Sevilha (como em Málaga) no mano-a-mano de Manuel Escribano e Daniel Luque com toiros da histórica ganadaria Miura, bem apresentados, sérios, mas de "jogo pobre". Escribano foi ovacionado no primeiro, silenciado no segundo e de novo ovacionado no terceiro; Luque foi silenciado nos dois primeiros e aplaudido no último. A praça quase encheu, apesar da chuva que se fazia sentir. O herói da tarde foi um espontâneo que saltou ao ruedo da Real Maestranza quando Manuel Escribano iniciava a lide do terceiro toiro da tarde, que brindara a Juan José Padilla. O candidato a toureiro acabou por ser retirado da arena e detido pela polícia. Mas foi ele que marcou a tarde...

Fotos López Matito/sevillataurina.com e Esther Lobato/el mundo.com

"Sem toiros não há Festa": crítico de "El Mundo" põe o dedo na ferida...



"Sem toiros não há Festa" - título da crónica de Carlos Crivell, hoje, no jornal "El Mundo", sobre o mano-a-mano de ontem em Málaga entre Morante de la Puebla (foto) e Julián López "El Juli".
Foram ambos "de vazio" (sem cortar orelhas) no mano-a-mano de homenagem a Joselito e Belmonte, escreve o crítico do jornal espanhol, acrescentando que se colocou o cartaz de "não há bilhetes", pese embora a que não se encheu a praça por completo.
Carlos Crivell comenta que "a uma corrida tão esperada, faltou-lhe o elemento fundamental da Festa" e acusa: "Os bons propósitos de 'El Juli' e Morante para ajudar o toureio nestas datas, devem ter o apoio do toiro, porque se não enfrentam animais sérios perdem toda a credibilidade. O cartel primitivo omitia os nomes das ganadarias, anunciou-se sem toiros, e foi isso justamente o que ontem ocorreu em La Malagueta".
Que pena...

Foto Joaquín Bueno/aplausos.es

"El Juli" e Morante: mano-a-mano sem toiros ontem em Málaga

A chegada à praça dos dois toureiros numa Dona Elvira
Morante: pincelada artística
"El Juli": arte com o capote

Praça esgotada, cartaz de "não há bilhetes" afixado no exterior e uma expectativa sem fim, ontem em Málaga, para assistir ao mano-a-mano de Morante de la Puebla e "El Juli", que chegaram juntos à praça, à maneira antiga, num "coche" de outros tempos. Por fim, a desilusão. Uma corrida insípida, muito por culpa dos toiros (de diversas ganadarias). Morante, que sofreu uma distenção no ombro esquerdo quando entrava a matar o seu último toiro, foi ovacionado no primeiro toiro, silenciado no segundo e de novo aplaudido no terceiro; "El Juli" teve a mesma sorte: ovação, silêncio e ovação.

Fotos Joaquín Bueno/aplausos.es

Em ombros: triunfal regresso de Ana Rita ontem em Espanha


Ana Rita cortou ontem duas orelhas (uma em cada toiro, com forte petição da segunda no final da última lide) e saíu em ombros na novilhada mista realizada em Padrón (La Coruña, Espanha) e onde reaparecia nas arenas depois da grave colhida que sofreu em Setembro do ano passado na praça do Cartaxo.
Um regresso em grande!

Foto Jorge Domingo Garcia/@Ana Rita

Chuva impede tradicional corrida de Sousel


Cancelada devido ao mau tempo a tradicional corrida que esta tarde se deveria realizar em Sousel e onde se prestava pública e justificada homenagem à memória de Juliano Louceiro, recordada glória da forcadagem. O cartel era composto pelos cavaleiros Francisco Cortes, Tiago Carreiras e Tomás Pinto e pelos forcados de Arronches e Redondo.

Ontem, domingo: 5.443 leram o "Farpas"


Visualizações de páginas de hoje
741
Visualizações de página de ontem
5 443
Visualizações de páginas no último mês
178 072
Histórico total de visualizações de páginas
8 092 239

domingo, 20 de Abril de 2014

Mónica Serrano máxima triunfadora ontem em San Miguel de Allende



A rejoneadora Mónica Serrano sagrou-se ontem máxima triunfadora da tradicional corrida de toiros de Sábado de Glória (Páscoa) na praça mexicana de San Miguel de Allende, cortando as duas orelhas ao toiro de Pepe Garfias que lidou primorosamente e saindo depois triunfalmente aos ombros (foto ao lado). Apesar de ter sofrido uma aparatosa queda, por o cavalo ter escorregado, a jovem toureira, filha do antigo cavaleiro Ramón Serrano, prosseguiu a lide em ritmo crescente e o público esteve a seu lado do início ao fim.
Mónica Serrano - que este ano pode vir confirmar a alternativa numa importante corrida em Portugal - teve ontem por alternantes os diestros Manolo Cortés (palmas), Marcial Herce (palmas), Francisco Martínez (palmas) e Héctor Ávila (orelha). A registar, também, triunfal exibição dos Forcados San Miguelenses, que deram volta à arena com a cavaleira.

Fotos D.R./@Mónica Serrano

Ontem em Alpalhão: Limas deixa expectativa para alternativa em V. Franca

Nelson Limas "vai ao toiro" de frente e com esta verdade! A expectativa é grande
para a tarde da alternativa, a 4 de Maio em Vila Franca
Mara Pimenta: a jovem cavaleira amadora está a ser apoiada por Ventura e tem a seu
lado, como equitador, o cavaleiro David Gomes, que recentemente se desligou da
Academia de Almeirim e do seu antigo mestre Jorge d'Almeida
Joaquim Bastinhas, Luis Miguel Pombeiro e Ricardo Dias Pinto, presidente da
Associação de Tradições e Cultura Tauromáquica e apoderado de Nelson Limas
O matador de toiros Nuno Casquinha esteve ontem em Alpalhão
Pedro Salvados substituiu Joaquim Bastinhas (lesionado num dedo) e brindou-lhe
a sua lide "revolucionária"

O risco marcou presença ontem na arena de Alpalhão aquando da destemida actuação do cavaleiro cigano Nelson Limas frente a um toiro de Dias Coutinho. Teve altos e baixos, mas ficou a mensagem de que o jovem cavaleiro, que reaparecia após três anos de ausência, não regressou para ser mais um. A expectativa é muita para a tarde da sua alternativa, a 4 de Maio em Vila Franca de Xira, frente a toiros poderosos da ganadaria Veiga Teixeira... onde tudo pode acontecer!
O festival de ontem na praça alentejana de Alpalhão, uma organização de Luis Miguel Pombeiro, registou uma boa entrada de público (meia casa em tarde de muito frio, mas cheia de calor na arena!), que acorreu a ver um diversificado elenco. De diversas ganadarias, os toiros serviram e proporcionaram bons momentos aos seis cavaleiros. Ana Batista está de novo em forma e "não é a mesma de 2013", como referiu Hugo Teixeira no seu blog "diário taurino"; Pedro Salvador (que substituiu Joaquim Bastinhas, lesionado num dedo) "revolucionou a tarde" frente a um exemplar da Sociedade das Silveiras; Marcos Bastinhas enfrentou um toiro de Bernardino Píriz e desenvolveu agradável lide, recheada de bons pormenores; Marcelo Mendes teve excelente intervenção com o exemplar de Sommer d'Andrade; e a jovem amadora Mara Pimenta (apoiada por Ventura e que tem agora como equitador o cavaleiro David Gomes, ex-aluno da Academia de Almeirim) "pode vir a ser um caso", preconiza Hugo Teixeira, destacando o seu cavalo com o ferro Ventura utilizado nos curtos. Lidou um bom exemplar da ganadaria de Nuno Casquinha.
Nas pegas, brilharam os Amadores de Portalegre com duas grandes intervenções. Os de Azambuja e de Alter executaram uma boa pega cada e tiveram mais dificuldades nas outras. Agostinho Borges dirigiu com acerto este agradável festejo de ontem em Alpalhão.

Fotos Hugo Teixeira/cortesia diariotaurino.blogspot.com

Animada festa campera ontem na Barroca d'Alva

"Paulita", a estrela feminina da Escola de Toureio moitense
Barroca d'Alva, ontem: a festa do terceiro aniversário da Escola de Toureio da Moita
O antigo cavaleiro José Moita da Cruz (à direita) com o matador Luis "Procuna",
professor da Escola de Toureio da Moita
... e depois toureando a pé!

Animada e concorrida festa campera, ontem, na Herdade da Barroca d'Alva (Alcochete), propriedade da ilustre Família Lupi, para comemorar o terceiro aniversário da renovada Escola de Toureio da Moita. Promissora participação dos jovens alunos de Luis "Procuna" e Júlio André e arrojada intervenção do antigo cavaleiro Moita da Cruz que, desafiado por "Procuna", pegou numa muleta e deu um ar da sua graça... a pé!

Fotos Ricardo Relvas

Mau tempo cancela corrida de S. Manços


Os aficionados que tinham adquirido as suas entradas, podem devolvê-las e receber de volta o dinheiro nos locais onde as compraram. Fica cancelada, devido às previsões de mau tempo para o dia de hoje em todo o país a corrida que esta tarde estava agendada para a praça alentejana de S. Manços.


Ontem, sábado: 4.518 leram o "Farpas"


Visualizações de páginas de hoje
759
Visualizações de página de ontem
4 518
Visualizações de páginas no último mês
177 433
Histórico total de visualizações de páginas
8 086 814

sábado, 19 de Abril de 2014

"El Cid" e Castella no santuário da prestigiada ganadaria Murteira Grave

"El Cid" na Galeana com Tancredo Pedroso e o ganadeiro Joaquim Grave, duas
glórias do Grupo de Forcados Amadores de Santarém
Manuel de Jesus "El Cid" no histórico tentadero da ganadaria Murteira Grave
O matador francês Sebastián Castella esta semana na Herdade da Galeana

Realizaram-se esta semana duas tentas de luxo na Herdade da Galeana, o histórico santuário da lendária ganadaria Murteira Grave (que este ano regressa em duas noites à praça do Campo Pequeno), que contaram com a participação do matador espanhol Manuel de Jesus "El Cid" e do francês Sebastián Castella, duas máximas Figuras do toureio mundial. As fotos falam por si e dispensam comentários.

Fotos D.R./cortesia Dr. Joaquim Grave

Rejoneadores de baixa: Armendáriz também lesionado



Rejoneadores em maré de azar: depois de Álvaro San Emeterio (foto da esquerda) que, como noticiámos, sofreu uma lesão no ombro direito e não pode tourear amanhã em Marbella, foi agora a vez do também rejoneador Roberto Armendáriz (foto da direita) sofrer uma queda durante o treino que lhe provocou uma cervicalgia por distensão muscular com tendinopatia inflamatória no braço direito, de "prognóstico reservado" e que o impede de actuar nos próximos dias.

Fotos D.R.

Credo! Os Teixeiras para 4 de Maio em Vila Franca!




"Um curro simplesmente fabuloso" - assim o define a empresa "Tauroleve" e as fotos não deixam dúvidas a ninguém. A Verdade na Festa no próximo dia 4 de Maio na praça "Palha Blanco"! Estes são os seis toiros da prestigiada ganadaria Veiga Teixeira que nessa tarde sairão à arena da praça de Vila Franca de Xira, na tarde da alternativa do cavaleiro gitano Nelson Limas, que vai ser apadrinhado por João Salgueiro com os testemunhos de Sónia Matias, Ana Batista, Paulo Jorge Santos e Jacobo Botero e dos grupos de forcados de Vila Franca e Coruche.
Uma corrida para aficionados!

Fotos Pedro Batalha/cortesia "Tauroleve"

55º Concurso de Ganadarias em Évora a 31 de Maio


A Arena d'Évora, que esta tarde é palco da Gala do Moço de Forcado, recebe a 31 de Maio o tradicional Concurso de Ganadarias (55ª edição), organizado de novo pela empresa "Toiros & Tauromaquia" de António Manuel Cardoso "Nené". Segundo o site "toureio.pt", os troféus "apresentação" e "bravura" serão este ano disputados por exemplares das ganadarias Veiga Teixeira, Murteira Grave, Branco Núncio, Passanha, Pinto Barreiros e São Torcato. Ainda não rematado, o cartel pode contar com as presenças dos cavaleiros Vitor Ribeiro e João Ribeiro Telles.

Foto M. Alvarenga