sábado, 24 de janeiro de 2015

Ontem em V. Franca: casa cheia para lembrar Mestre Batista

Na mesa "Talismã", no Clube Vilafranquense, jantaram Duarte e Emídio Pinto,
António Telles, Simão da Veiga (os quatro na foto), Luis Miguel da Veiga, Miguel
e Ana de Alvarenga, Carlos Amorim e Rui Salvadoir
Rui Salvador, Tina Mestre Batista e Duarte Pinto
Jantar no Clube Vilafranquense: Emidio Pinto, António R. Telles, Simão e Luis
Miguel da Veiga e Ana de Alvarenga
Depois do jantar foi descerrada uma placa na fachada do Clube Taurino
O cartaz do colóquio ontem em Vila Franca de Xira
Tina Mestre Batista e Luis Miguel da Veiga
Rui Salvador foi o último cavaleiro a receber a alternativa das mãos de Mestre
Batista e lembrou ontem que ele fora sempre o seu ídolo e a sua referência
Frederico Cunha e Emídio Pinto recordaram momentos únicos vividos ao lado
de Mestre Batista
Mestre Luis Miguel da Veiga recordou ontem a sua rivalidade nas arenas ao longo
de quinze anos com José Mestre Batista: "Éramos muito amigos!"
José Moita da Cruz e Ana e Miguel Alvarenga com Tina Mestre Batista
Da esquerda para a direita: António Garçoa, Luia Miguel da Veiga, Miguel Alvarenga,
Frederico Cunha, Emídio Pinto e Rui Salvador
Cheio o Salão Nobre da Câmara de Vila Franca, ontem, na homenagem a Batista
Na primeira fila, à direita, o presidente do Clube Taurino, António João Amaral e o
presidente da Câmara de V. Franca, Alberto Mesquita
Casa cheia ontem no Salão Nobre da Câmara Municipal de Vila Franca, onde se prestou homenagem à figura de José Mestre Batista quando falta um mês para se assinalar o 30º aniversário da sua prematura morte. Moderado por Miguel Alvarenga, teve lugar um interessante colóquio onde se recordaram muitas estórias de vida do famoso cavaleiro tauromáquico e se frisou a sua vincada personalidade - única. Foram intervenientes os cavaleiros Mestre Luis Miguel da Veiga (seu rival nas arenas durante quinze anos), Frederico Cunha, Emídio Pinto e Rui Salvador e o seu antigo bandarilheiro António Garçoa. Rogério Amaro, Joaquim Bastinhas e João José, cuja presença estava anunciada, faltaram - o que é de lamentar. Presentes na sala, foram também convidados a intervir, explicando que referências guardam da memória de José Mestre Batista, os cavaleiros António Ribeiro Telles, Ana Batista, Francisco Núncio, Paulo Jorge Santos e Duarte Pinto e ainda Luis Miguel Pombeiro, director do jornal "Olé" e que, na sua juventude, tentou ser cavaleiro, tendo estagiado durante dois anos na quinta de Batista em Vila Franca. A sessão foi presidida pelo presidente da Câmara de Vila Franca e também pelo presidente do Clube Taurino Vilafranquense (organizador do evento) e pela viúva de Mestre Batista, Emeletina (Tina) - que também interviu em algumas ocasiões, recordando o toureiro e o homem.
Antes do colóquio teve lugar um jantar no Clube Vilafranquense e a seguir foi descerrada uma placa evocativa dos 30 anos da morte de Mestre Batista na fachada da sede do Clube Taurino.

Fotos Fernando Clemente/www.parartemplarmandar.com


Ontem, 6ª feira: 5.600 leram o "Farpas"

Visualizações de páginas de hoje
1 452
Visualizações de página de ontem
5 600
Visualizações de páginas no último mês
137 301
Histórico total de visualizações de páginas
10 250 324

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Hoje: Vila Franca presta tributo a Mestre Batista



Hoje
em
Vila
Franca:
jantar
às 20 h
no
Clube;
Colóquio
às 21 h
no Salão
Nobre
da
Câmara
Municipal

Temporada abre mais cedo: Campo Pequeno retoma a tradição da Páscoa



Primeiras novidades oficiais: o Campo Pequeno vai iniciar este ano mais cedo a temporada, retomando a antiga tradição de a inaugurar pela Páscoa. A corrida de abertura deverá ser na quinta-feira imediata ao Domingo de Páscoa, a 9 de Abril - com um cartel "de arromba".
As novidades foram ontem oficialmente anunciadas ao "Farpas" pela administradora da empresa do Campo Pequeno, Drª Paula Mattamouros Resende, que promete "uma temporada ainda melhor que a anterior".
Não está ainda definido o número de espectáculos, mas não deverá ser inferior ao de 2014.
Já há neste momento toureiros contratados e os primeiros cartéis "estão muito adiantados", refere a administradora da primeira praça de Portugal, anunciando que em Fevereiro se realizará já a habitual conferência de imprensa em que serão anunciados os elencos da primeira metade da temporada - que se encontram praticamente rematados. Hoje mesmo, a administração do Campo Pequeno está reunida com o director de Actividades Tauromáquicas, Rui Bento, para dar precisamente "as últimas pinceladas" nas primeiras corridas de 2015 em Lisboa. Os cartéis deverão estar todos concluídos até ao final do dia de hoje - mas, obviamente, a Drª Paula Resende e Rui Bento vão mantê-los em segredo absoluto até à conferência de imprensa.
"Vai ser uma temporada fantástica" - garantiu-nos a administradora da sociedade que gere o Campo Pequeno, acrescentando: "No ano passado, chamámos-lhe 'uma temporada única', este ano vamos encontrar um novo slogan para a anunciar, mas será, sem dúvida, ainda melhor".

Fotos D.R.

Juan del Álamo e as jovens vedetas de Portugal, ontem, na tenta de Falé Filipe

A administradora do Campo Pequeno, Drª Paula Mattamouros Resende, protegida
do frio, entre Ana de Alvarenga e Rui Bento - ontem, na praça de tentas da
Herdade das Covas, no Redondo
Os participantes na tenta: da esquerda para a direita, Martinho Núncio, Diogo
Peseiro, Sérgio Nunes, Américo Manadas, Juan del Álamo e Diogo Malafaia
Momentos da participação do matador espanhol Juan del Álamo, ontem, na tenta
da ganadaria Falé Filipe, na Herdade das Covas, no Redondo
O ganadero Falé Filipe (à direita, na foto), com Rui Bento e Jesus Benito, que
foi durante muitos anos bandarilheiro de confiança do antigo matador português
e forma hoje com ele a equipa de apoderamento de Juan del Álamo
Diogo Peseiro deixou de ser uma promessa e é já uma  certeza. Ontem reaparecia
depois de um mês doente. Em excelente forma
Sérgio Nunes renasceu depois da cornada sofrida noutro tentadero no final do ano.
Revelou ontem evidentes progressos, muito querer e vontade. Os espanhóis
ficaram surpreendidos com as maneiras do jovem aluno da Academia do C. Pequeno
Martinho Núncio é sobrinho do cavaleiro Francisco Núncio e bisneto do Califa de
Alcácer. Vai fazer história como o único Núncio do toureio a pé. Tem plástica, tem
corte de toureiro bom e tem ambição
Miguel Alvarenga à conversa com Pedro Penedo, representante da ganadaria; e, na
foto de baixo, Juan del Álamo com a sua equipa de apoderamento, o espanhol Jesus
Benito e Rui Bento


Para o simpático ganadero Carlos Falé Filipe, a tenta de ontem não terá sido das melhores. Foram tentadas oito vacas, todas elas filhas de um semental lidado em Vila Franca pelo matador espanhol Sánchez Vara e que teve honras de volta à praça para o seu criador, mas apenas duas tiveram nota alta, sendo a última fantástica.
Em tarde de muito frio, estiveram ontem "em praça" - e aqueceram o ambiente! - o matador espanhol Juan del Álamo e os jovens toureiros da Academia do Campo Pequeno, Diogo Peseiro, Sérgio Nunes e Martinho Núncio, que foram coadjuvados pelos bandarilheiros Américo Manadas (professor da Academia) e Diogo Malafaia (que é vedor de toiros da empresa de Lisboa).
Rui Bento, gestor taurino do Campo Pequeno e novo apoderado de Juan del Álamo, marcou presença, bem como o espanhol Jesus Benito (antigo bandarilheiro de confiança de Bento e também membro da equipa de apoderamento de Juan del Álamo) e Jean-Luc Dufaut, francês, moço de espadas do matador de Salamanca.
Presente também a administradora do Campo Pequeno, Drª Paula Mattamouros Resende e ainda Miguel e Ana de Alvarenga e o conhecido apoderado Pedro Penedo, representante da ganadaria de Falé Filipe.
Foi neste restrito ambiente que decorreu ontem a tenta, ao longo da qual nos foi possível calibrar o estilo, a postura e a arte de Juan del Álamo, um toureiro de corte artístico e que promete ser um dos grandes casos da próxima temporada, depois de nos dois anos anteriores ter marcado com o corte de cinco orelhas as suas significativas passagens pela mais importante praça do mundo, a Monumental de Madrid.
Sente-se que Juan del Álamo está moralizado, preparado e placeado para os importantes desafios que vai encarar nesta temporada decisiva. A aficion de Salamanca está ávida de encontrar um novo ídolo, depois da retirada de "Niño de la Capea" e da morte prematura de Júlio Robles. E o entendido público espanhol tem este ano os olhos postos no jovem toureiro que já conquistou Madrid. Ontem no Redondo, na Herdade das Covas, Juan del Álamo deixou o seu perfume e o rasto da sua arte e da sua vontade de afirmação nesta nova página da sua ascendente carreira, em que elegeu Rui Bento como seu apoderado, quando tinha sobre a mesa as propostas de algumas das mais poderosas casas empresariais de Espanha.
Quanto aos jovens diestros da Academia de Toureio do Campo Pequeno - que ontem tinham a responsabilidade acrescida pela presença na tenta da administradora da primeira praça do país - são notórios os progressos que evidenciam. Diogo Peseiro, apesar de ter estado um mês a contas com uma super-gripe, está recuperado e novamente em forma; Sérgio Nunes renasceu depois do baptismo de sangue no final do ano na tenta de António Silva e os seus modos impressionaram ontem os que assistiram à tenta, especialmente os espanhóis que acompanhavam Juan del Álamo e que ficaram surpreendidos com as faenas do jovem diestro; Martinho Núncio aponta fortíssimas qualidades, tem plástica e bonito corte, pode ser uma grata surpresa no futuro. As prestações dos três, supervisionados pelo exigente Rui Bento, foram positivas e deixaram a confirmação da esperança: ao contrário do que alguns vaticinam, o toureio a pé tem futuro à vista em terras de Portugal.
À tenta seguiu-se um animado jantar oferecido a todos os presentes pelo ganadero Falé Filipe. Falou-se de toiros e falou-se sobretudo do Campo Pequeno, já que tínhamos à mesa a Drª Paula Mattamouros Resende - cada vez mais enraizada no mundo tauromáquico, uma confessa leitora diária do "Farpas" e, acima de tudo, uma Mulher apostada no engrandecimento da Festa, empenhada em que "o barco chegue a bom porto" e entusiasmada com a próxima temporada em Lisboa (leiam a seguir), que promete ser "ainda mais alta e melhor" que a anterior. Que foi, de facto, fantástica. E marcante.

Fotos M. Alvarenga e Ana de Alvarenga


Serpa tem festival adiantado, Sobral nem por isso...


O tradicional festival de Serpa a favor dos Bombeiros Voluntários, que se volta a realizar no sábado de Páscoa, 4 de Abril, já tem o cartel adiantado: segundo o site "touro e ouro", estão certas as presenças dos cavaleiros Manuel Lupi, João Maria Branco, Salgueiro da Costa e o amador Joaquim Brito Paes, bem como dos forcados de Cascais e Beja, faltando designar os diestros a pé.
O mesmo não se pode dizer do também tradicional festival de 25 de Abril na praça de Sobral de Monte Agraço que, segundo fontes locais, pode este ano ter a sua realização comprometida.

Foto D.R.

Joaquim Bastinhas foi o líder do Escalafón/2014

Joaquim Bastinhas foi o grande triunfador da última temporada e foi também
o recordista de espectáculos: participou em 54 festejos. A qualidade esteve,
desta vez, a par da quantidade

O cavaleiro Maestro Joaquim Bastinhas (54 actuações), o matador Nuno Casquinha (3), o Grupo de Forcados do Ribatejo (26), o bandarilheiro Josué Salvado (60), o novilheiro Manuel Dias Gomes (10), o novilheiro praticante Diogo Peseiro (3), a cavaleira praticante Cláudia Almeida (17), o bandarilheiro praticante Pedro Vicente (31), a ganadaria Murteira Grave (que lidou 59 toiros em Portugal) e o director de corridas Agostinho Borges (36 intervenções) lideram o Escalafón Top da última temporada nacional, segundo os dados estatísticos (ver quadros) esta semana divulgados pela Federação Prótoiro.

Foto Pedro Batalha

Mourão, 1 de Fevereiro: "cartel monstro" na abertura da temporada


Redondo: Juan del Álamo ontem em tenta de Falé Filipe

Juan del Álamo é a nova estrela do toureio espanhol e esteve ontem no Redondo
na tenta de Falé Filipe, depois de dias antes também ter tentado na ganadaria
espanhola de Victorino Martín
Assistindo à tenta: Ana de Alvarenga, Drª Paula Mattamouros Resende
(administradora do Campo Pequeno), Rui Bento e Jesus Benito (a equipa de
apoderados de Juan del Álamo) e o ganadero Carlos Falé Filipe
Juan del Álamo com Américo Manadas e os jovens toureiros da Academia do
Campo Pequeno
, Diogo Peseiro, Martinho Núncio e Sérgio Nunes; na foto de baixo,
Rui Bento e Juan del Álamo com Miguel Alvarenga


Preparando-se para a intensa campanha que o seu novo apoderado (Rui Bento, em equipa integrada também pelo espanhol Jesus Benito) está a delinear para 2015, o matador Juan del Álamo participou ontem na Herdade das Covas, no Redondo, na tenta da ganadaria de Carlos Falé Filipe - que contou com a honrosa presença da administradora do Campo Pequeno, Drª Paula Mattamouros Resende, que fez questão de assistir à tenta não só pela presença do matador espanhol, mas sobretudo para se inteirar dos progressos dos jovens alunos da Academia do Campo Pequeno e principalmente da forma em que se encontra Sérgio Nunes, depois da cornada que sofreu num outro tentadero em finais do ano passado. Uma animada e proveitosa jornada taurina de que durante o dia de hoje lhe vamos aqui mostrar todas as fotos e que contou ainda com a participação de três jovens valores da Academia de Toureio do Campo Pequeno - Diogo Peseiro, Sérgio Nunes e Martinho Núncio - e dos bandarilheiros Américo Manadas e Diogo Malafaia.

Fotos M. Alvarenga e Ana de Alvarenga

Esta noite: Vila Franca rende homenagem a Mestre Batista

Início da década de 70, no Campo Pequeno, com o cavalo "Apolo XI"
José Mestre Batista com 18 anos, quando recebeu a
alternativa na Moita, depois de o terem chumbado (caso
único) na primeira prova no Campo Pequeno, três meses
antes (ano de 1958)
Luis Miguel da Veiga recordará esta noite em Vila Franca
a sua rivalidade ao longo de quinze anos com o saudoso
Mestre Batista (na foto de baixo, com sua Mulher e seu
filho em 1983 na praça de Reguengos, quando comemorou
25 anos de alternativa)



Antecedido de um jantar às 20 horas na sede do Clube Taurino Vilafranquense (organizador do evento), realiza-se hoje, a partir das 21 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira o colóquio "Recordar Mestre Batista", durante o qual se prestará tributo ao saudoso cavaleiro falecido há 30 anos.
Com a presença de Tina Mestre Batista, viúva do toureiro, serão oradores os cavaleiros Mestre Luis Miguel da Veiga, Joaquim Bastinhas e Rui Salvador, os bandarilheiros António Garçoa e João José e ainda Rogério Amaro, que foi o último apoderado de José Mestre Batista. O colóquio vai ser moderado pelo jornalista Miguel Alvarenga, director do "Farpas".

Fotos D.R., Figueiredo/Arquivo e João Queiroz/Novo Burladero