domingo, 19 de agosto de 2018

Paulo Jorge Santos soma e segue em arenas de Espanha


O cavaleiro Paulo Jorge Santos soma e segue na sua temporada em Espanha, tendo nos últimos dias obtido importantes triunfos: dia 15 em Navabillar de Pela, com toiros de Jandilla, cortou duas orelhas; dia 16 cortou uma orelha em Monzoncillo a um toiro de Pedro Caminero; e no dia 17, em Peñafiel, frente a toiros de Sánchez Herrero, sagrou-se triunfador com o corte de três orelhas.
Paulo J. Santos tem mais corridas agendadas para Espanha nos próximos dias 21, 24, 25 e 26.

Foto D.R.


Ontem, sábado: 9.622 leram o "Farpas"



Visualizações de páginas de hoje
7 089
Visualizações de página de ontem
9 622
Visualizações de páginas no último mês
384 039
Histórico total 
de visualizações 
de páginas
21 770 341

Próxima 6ª feira: Corrida TVI no Campo Pequeno



Próximo sábado: imponentes toiros de Monte Cadema para trio de triunfadores em Tomar



Filipe Gonçalves, Bastinhas e Rouxinol Jr. amanhã em Samora



sábado, 18 de agosto de 2018

4 orelhas e 1 rabo: António Prates vive tarde memorável em Atienza


Depois da empolgante actuação de quinta-feira em Alcochete (foto) e de ontem ter também obtido um sonoro triunfo no festival que se realizou na Arruda dos Vinhos, o imparável cavaleiro praticante António Prates viveu esta tarde um memorável sucesso em Atienza (Espanha), onde cortou as duas orelhas ao primeiro novilho-toiro do seu lote - da ganadaria de José Luis Marca, como os restantes - e obteve depois no segundo os máximos troféus, duas orelhas e rabo, após duas actuações verdadeiramente deslumbrantes.
Prates, que amanhã toureia em Pinhel e no próximo fim-de-semana (dia 25) em S. Manços, toureou esta tarde mano-a-mano com o rejoneador Juan Quinta, que foi silenciado no primeiro novilho e cortou as duas orelhas e o rabo ao segundo.
Os dois sairam triunfalmente em ombros.

Foto M. Alvarenga

David Gomes cortou duas orelhas em Roa de Duero (Burgos)


O cavaleiro David Gomes cortou ontem duas orelhas em Roa de Duero (Burgos, Espanha), ao seu segundo toiro, depois de ter dado volta à arena no primeiro. O cavaleiro da Malveira, que esta noite toureia na Nazaré, alternou ontem com os rejoneadores Sérgio Domínguez (orelha e orelha) e Juan Manuel Muñera (orelha e ovação), na lide de toiros de Eugénio Frias.

Foto D.R./@David Gomes


Bilbao: rojão de morte priva Hermosos das orelhas



Apesar de terem rubricado actuações fora de séria e muito aplaudidas, Pablo Hermoso de Mendoza (foto de cima) e seu filho Guillermo (foto ao lado) perderam esta tarde as orelhas na corrida de rejoneio de Bilbao pelo mau uso do rojão de morte. Foram ovacionados no final das suas actuações.
A francesa Lea Vicens cortou uma orelha a cada toiro do seu lote.
Lidaram-se quatro toiros e dois novilhos da ganadaria de Herdeiros de Ángel Sánchez.

Fotos Juan Andrés H. Mendoza/Farpas


Corrida TV/Algarve: triunfo consagrou temporada de êxitos de Moura Caetano


João Moura Caetano reafirmou ontem na Corrida TV em Albufeira uma temporada de grandes triunfos. Deu duas voltas à arena e foi a estrela de uma noite que todos viram na televisão. Houve outros triunfos e só foi mesmo pena a praça não estar cheia, não tendo ficado por isso a imagem que se queria e se impunha do fulgor em que está a decorrer esta temporada

Miguel Alvarenga - Crónica breve, ou nem isso, antes um pequeno apontamento de uma corrida que todos viram ontem pela televisão. Lamente-se apenas a pontaria (falhada) da RTP ao transmitir uma corrida de uma praça mais turística que propriamente aficionada e onde as probabilidades de encher não eram, às partida, as maiores. Numa temporada de enorme fulgor no que respeita à presença de público nas praças e numa semana em que a Feira de Alcochete registou duas praças cheias, a de Abiul esgotou a lotação, as das Caldas da Rainha, da Arruda dos Vinhos, de Idanha-a-Nova, de Coruche e de Santo António das Areias estiveram emolduradas por um público entusiasta que as encheu até às bandeiras, assistimos ontem através da RTP a uma corrida numa praça quase vazia, cheia de clareiras e que deu, infelizmente, uma péssima e errada imagem do entusiasmo  com que o público aficionado está este ano a ocorrer e a encher as nossas praças. Não era esta a imagem que se devia ter passado... Estas coisas devem ser pensadas, estudadas e programadas com algum sentido. Por forma a dignificar e a engrandecer a tauromaquia. Que foi coisa que ontem não aconteceu.
Artisticamente, houve triunfos importantes. Os de João Moura, ainda e sempre o Maestro dos Maestros; o de João Moura Caetano (foto), que vive um momento de consagração absoluta e ontem reafirmou a grandeza do seu toureio numa lide em que bordou o toureio frente a um toiro excepcional de Fernando dos Santos (que regressou ao campo pela sua bravura); o de Marcos Bastinhas, que está também a viver uma temporada de êxitos consecutivos e ontem empolgou os poucos aficionados que estavam na praça de Albufeira e, certamente, os muitos milhares que seguiam a transmissão pela televisão; e o da jovem Mara Pimenta, que depois de ter estado algum tempo parada, regressou em força, revelando a sua casta, a sua raça e a sua correcta e ousada interpretação desta arte que abraçou e onde continua a provar ter pernas para andar.
Mais discretos, mas também com actuações vistosas, estiveram Tito Semedo e Sónia Matias. Nota alta para os toiros e os novilhos da ganadaria de Fernando dos Santos que ontem sairam à praça de Albufeira.
Os forcados do Ribatejo, de Cascais e de Arronches não deixaram os seus créditos por mãos alheias e executaram rijas pegas numa corrida em que a direcção, acertada como sempre, esteve a cargo de Agostinho Borges.

Foto D.R.




Festa de luto: morreu António José Martins


Morreu ontem no Hospital do Barreiro, com 73 anos de idade, o antigo bandarilheiro e director de corrida António José Martins.
Natural do Montijo, onde nasceu a 3 de Fevereiro de 1945, António José da Silva Martins apresentou-se pela primeira vez em público na praça da sua cidade em 1956. Prestou prova para bandarilheiro praticante no ano de 1966 em Almeirim, depois de ter ficado reprovado na primeira, no Montijo. A alternativa de bandarilheiro recebeu-a na Monumental do Montijo a 1 de Setembro de 1970, apadrinhado por Guilherme Pereira numa corrida em que se lidaram toiros da Herdade de Camarate e em que actuaram os cavaleiros Manuel Conde, Mestre Batista e José Lupi.
Apresentou-se em Espanha na praça de Jerez de la Frontera no ano de 1970 numa corrida de rejoneio em que saíu na quadrilha de Alfredo Conde.
Ao longo da sua digna carreira integrou as quadrilhas de diversos cavaleiros, entre os quais D. Francisco de Azarujinha, Fernando de Andrade Salgueiro, Gustavo Zenkl, Alfredo Conde, José Luis Sommer de Andrade, José Núncio, Afonso Correria Lopes, Joaquim Veríssimo, Jorge de Ourique, Carlos Miguel e José Prates.
Integrou também, nas suas vindas a Portugal, as quadrilhas de famosos matadores de toiros, como Paco Camino, "Litri" (pai), Ruiz Miguel, Dámaso González e outros, bem como as dos portugueses Armando Soares, José Júlio e José Simões.
Dirigiu o Clube Taurino "Os 10", do Montijo e esteve ligado à Associação de Toureio de Palmela.
Entre muitas outras distinções, em 1983 ganhou o troféu em disputa para o melhor par de bandarilhas na Feira de Campanário (Badajoz).
Depois de retirado das arenas, exerceu durante alguns anos as funções de director de corrida, cargo que desempenhou com grande rigor, paixão, aficion e dignidade.
António José Martins foi hoje cremado no cemitério da Quinta do Conde, depois de o corpo ter estado ontem em câmara ardente na capela do cemitério do Montijo.
A toda a Família enlutada, apresentamos as mais sentidas condolências.
Que em paz descanse.

Foto D.R.

2ª feira: corrida de toiros encerra Festas de Samora Correia


É já na próxima 2ª feira, dia 20 pelas 22h00, que a localidade ribatejana de Samora Correia recebe a sua tradicional corrida de toiros por ocasião das tradicionais Festas em Honra de Nossa Senhora de Oliveira e de Nossa Senhora de Guadalupe.
Na noite que encerra o certame, anuncia-se um cartel de competição e a diferença de estilos artísticos com três cavaleiros e dois grupos de forcados amadores.
Em praça estarão os cavaleiros Filipe Gonçalves, Marcos Bastinhas e Luis Rouxinol Jr, sendo que as pegas estarão a cargo dos grupos de forcados Amadores do Ribatejo e Amadores de Azambuja, capitaneados respetivamente por Pedro Espinheira e André Letra.
Para uma noite que se deseja de triunfo anunciam-se toiros de uma das ganadarias que está em destaque na presente temporada - Silva Herculano.
Os bilhetes podem ser adquiridos nos locais habituais e no dia da corrida nas bilheteiras da praça de toiros.

Alcochete: empresa Toiros & Tauromaquia faz balanço positivo da Feira


A empresa Toiros & Tauromaquia faz um balanço positivo da última Feira do Toiro-Toiro, através do comunicado que a seguir se publica na íntegra, lamentando apenas o incidente do último festejo, em que ficou uma lide por realizar

Depois de finalizada a Feira do Toiro-Toiro em Alcochete, a Empresa TT faz um balanço positivo relativamente aos três espetáculos taurinos. Contudo, nada disto seria possível sem o empenho de todos os cavaleiros, forcados e ganaderos que foram intervenientes diretos e permitiram que as duas Corridas de Toiros e o Festival Tauromáquico fossem um sucesso. Não podemos deixar de agradecer aos aficionados pela confiança que demonstraram para com esta Empresa, marcando a sua presença na Praça de Toiros de Alcochete
Porém, nada nos deixa mais tristes do que o sucedido na última Corrida de Toiros da Feira. Conforme foi já noticiado Alcochete é uma praça de 2ª categoria e como tal obriga à existência de um só sobrero. A Empresa cumpriu os todos os trâmites legais, mas um azar nunca vem só e o sobrero acabou por se inutilizar também em praça. Lamentamos que não tenha existido a sexta lide da Corrida, mas fora este incidente, a Corrida decorreu em bom ritmo e com grandes triunfos.

A Empresa

Foto M. Alvarenga

Ontem, 6ª feira: 16.000 leram o "Farpas"!


Visualizações de páginas de hoje
7 565
Visualizações de página de ontem
16 000
Visualizações de páginas no último mês
390 141
Histórico total 
de visualizações 
de páginas
21 761 195

Próxima 6ª feira, 24: imponentes toiros de Murteira Grave na Corrida TVI no Campo Pequeno




Próximo sábado, 25: Corrida dos Forcados em Tomar



Há 52 anos: corrida comemorativa dos 75 anos do Campo Pequeno


Há 52 anos - 18 de Agosto de 1966 - realizou-se no Campo Pequeno esta corrida de toiros na comemoração dos 75 amos da inauguração da praça.
Lidaram-se 8 toiros das ganadarias de Manuel Assunção Coimbra, Atanázio Fernández, Oliveiras Irmãos, Carlos Nuñez, Pinto Barreiros, Filipe Bartolomé, Mário e Manuel Vinhas e Joaquín Buendia e actuaram os cavaleiros José Mestre Batista e Álvaro Domecq e os matadores de toiros Armando Soares e José Júlio, tendo as pegas estado a cargo dos Forcados da Escola Agrícola de Évora, comandados por José Pereira Baptista.


Mais uma corrida a Norte: Caetano, Bastinhas e Prates amanhã em Pinhel (Guarda)


João Moura Caetano, Marcos Bastinhas e o praticante António Prates actuam amanhã, domingo, em Pinhel (distrito da Guarda), frente a toiros da ganadaria Lopes Branco.
Pegam os forcados Amadores de Alcochete e de Coimbra.



Próximo sábado, 25: Concurso de Ganadarias do Mondego na última corrida da temporada no Coliseu Figueirense



sexta-feira, 17 de agosto de 2018

GFA de Vila Franca na próxima 6ª feira no Campo Pequeno: 86 anos a elevar bem alto a nobre arte de pegar toiros



O Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira, um dos grupos mais antigos e prestigiados do panorama taurino, actua na próxima sexta-feira, 24 de Agosto no Campo Pequeno na Corrida 25º Aniversário TVI, em competição directa com os seus homólogos do Aposento da Moita.
Ao longo dos seus 86 anos de actividade, que se completarão a 8 de Outubro, o Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira, que teve Joaquim Franco como cabo fundador, actuou em mais de mil corridas, tendo pegado um número superior a quatro mil toiros.
O seu historial está replecto de datas do maior significado para a história da arte de pegar toiros, como por exemplo a reportagem que a revista americana "Life" fez, em 1955, com alguns elementos do grupo e que foi distribuída a nível mundial. Por diversas ocasiões, elementos do grupo integraram selecções de forcados que se exibiram em várias partes do mundo.
O Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira tem, no seu palmarés, actuações em Espanha, de que se destaca a estreia em Las Ventas (Madrid), em 1986, em França e no México. Em Outubro de 2001, numa das corridas comemorativas do centenário da praça “Palha Blanco”, pegaram, com enorme êxito, um curro da divisa espanhola de Eduardo Miura, facto inédito entre os forcados. O Grupo de Vila Franca de Xira foi um dos grupos actuantes na corrida comemorativa do centenário do Campo Pequeno, realizada em 20 de Agosto de 1992.
Grupo imprescindível nas grandes datas da tauromaquia nacional e, bem assim, na temporada do Campo Pequeno, registou em 2016 um enorme êxito numa corrida em que actuou como único grupo, executando seis memoráveis pegas a imponentes toiros da ganadaria Canas Vigouroux, ganhando o prestigiado Troféu "Farpas"/"Volapié" como grupo de forcados triunfador desse ano na capital. Em 2017 foi um dos grupos que participou na corrida de inauguração da temporada do Campo Pequeno e pegou também na corrida de Gala à Antiga Portuguesa, com que encerrou o Abono.
Na actualidade, o Grupo de Forcados Amadores de Via Franca de Xira é capitaneado por Ricardo Castelo, que desempenha estas funções desde 2010 e que em Outubro se despede das arenas, pelo que na corrida da próxima sexta-feira vai comandar o grupo em Lisboa pela última vez.
Na corrida de 24 de Agosto, irão protagonizar acesa competição com o Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Moita, capitaneado por José Maria Bettencourt, perante seis imponentes toiros da prestigiada ganadaria Murteira Grave. Em praça estarão os consagrados cavaleiros António Ribeiro Telles, Luis Rouxinol e João Moura Jr.

Foto Frederico Henriques/@Campo Pequeno

"Sandokan" de Murteira Grave de hoje a uma semana na Corrida TVI em Lisboa



Na foto, o toiro "Sandokan", nº 31, mais um bonito exemplar da triunfadora ganadaria Murteira Grave para a corrida que de hoje a uma semana, sexta-feira 24, sobe ao palco da primeira praça do país na corrida comemorativa dos 25 anos da TVI.
No Campo Pequeno, em mais uma nocturna altamente "torista", vão estar os cavaleiros António Ribeiro Telles, Luis Rouxinol e João Moura Jr. e os grupos de forcados de Vila Franca de Xira (pela última vez comandados em Lisboa por Ricardo Castelo, que em Outubro se despede) e do Aposento da Moita, sob o comando de José Maria Bettencourt.

Foto D.R./@Murteira Grave


Alta competição a 2 de Setembro em Montemor



Forcados de Turlock rumaram à Califórnia após triunfal digressão europeia

Na 4ª feira, depois da corrida nas Caldas, os Forcados de Turlock jantaram no
restaurante "Manelvina" com a Drª Paula Resende, Rui Bento e o cavaleiro
Francisco Palha e a sua equipa, o apoderado Rafael Vilhais, Francisco "Chalana",
Diogo Malafaia e Salvador Taborda e Manuel Guerreiro
Ontem na "Casa das Enguias", George Martins com seus filhos George Jr. e
Justin, Jorge Ortigão Costa e José Peseiro
O grupo ontem na "Casa das Enguias" com António Manuel Barata Gomes e
amigos. Nas fotos de baixo, as quatro pegas à primeira na passada 3ª feira na
praça francesa de Saintes Maries de la Mer
A grande pega do cabo George Martins Jr. em França na 3ª feira
David Sanchez na cara do segundo toiro em Saintes Maries de la Mer
Outra grande pega de Justin Martins, irmão do cabo do grupo, com uma grande
primeira ajuda
Manuel Guerreiro, que foi grande forcado dos Amadores de Lisbao, tem
acompanhado nos últimos tempos o Grupo de Turlock e na 3ª feira vestiu a
jaqueta dos valentes da Califórnia e pegou à primeira, com a raça e a arte de
sempre, um dos toiros em Saintes Maries de la Mer. Quem sabe, jamais esquece!
Em baixo, a volta triunfal dos Amadores de Turlock no final da corrida em França
com os rejoneadores espanhóis Martín Burgos e Óscar Borjas

Os Forcados Amadores de Turlock deixaram esta madrugada Portugal e rumaram à Califórnia, onde os esperam ainda cinco corridas nesta temporada, depois de um apoteótica digressão euopeia em que actuaram nas praças do Campo Pequeno, de Tomar, da Nazaré e, na terça-feira, na arena francesa de Saintes Maries de la Mer, onde executaram quatro pegas ao primeiro intento e uma ao segundo.
Ao todo, pegaram 11 toiros, oito à primeira e três à segunda, consolidando a sua posição entre os primeiros grupos de forcados da actualidade.
O grupo comandado por George Martins Jr. marcou presença na passada quarta-feira na tradicional corrida das Caldas da Rainha e jantou depois do famoso restaurante "Manelvina" na companhia da dupla de sucesso da empresa do Campo Pequeno, Drª Paula Mattamouros Resende e Rui Bento e também do cavaleiro Francisco Palha e da sua equipa.
Ontem, antes de assistirem também à última corrida da Feira de Alcochete, os Forcados de Turlock tiveram um almoço de despedida na "Casa das Enguias", na Lançada, em que contaram com a agradável companhia de Jorge Ortigão Costa e de José Peseiro, entre outros.
E para o ano regressam!

Fotos José Amador Pelayo Leal

Primeira corrida de Alcochete em destaque hoje no programa "Rádio Olé"

A histórica pega de António José Cardoso, filho do saudoso "Nené", com uma
grande ajuda de João Rei; e as apoteóticas actuações de Francisco Palha nos
seus dois toiros na corrida de domingo passado em Alcochete são o grande
destaque da emissão de hoje do programa "Rádio Olé" da Diana FM


A fantástica e emotiva corrida Concurso de Ganadarias, de homenagem à memória do nosso querido "Nené", que domingo passado abriu a Feira do Toiro-Toiro em Alcochete, é um dos grandes destaques do programa taurino "Rádio Olé" da estação eborense Diana FM na sua emissão de hoje à tarde, a partir das 17 horas.
Em foco vão estar ainda no programa de Luis Gamito os festejos que se realizaram no passado dia 15, o dia mais taurino do ano.
Pode ouvir o programa na frequência 94.1 fm ou aqui na internet em www.dianafm.com

Fotos Mónica Mendes

Famosos ontem em Alcochete na última corrida da Feira

Os dois proprietários dos restaurantes mais taurinos do país: António Manuel
Barata Gomes ("Casa das Enguias" na Lançada) e João Simões ("O Toucinho"
em Almeirim)
O ganadeiro João Folque (Palha) com João Franco
Francisco Costa Montezo, histórico forcado dos Amadores do Montijo e ex-cabo
dos Amadores Lusitanos
A corrida foi dirigida por João Cantinho, assessorado pelo médico veterinário
Dr. Jorge Moreira da Silva
António Ventura e George Martins
D. Francisco de Mascarenhas, um eterno jovem de 92 anos
O ganadeiro Pedro Canas Vigouroux
João Franco, glória dos Forcados de Santarém
Rui Bento, gestor taurino do Campo Pequeno, ontem em Alcochete
João Simões, Hélia Costa e José Peseiro
Fernanda e António Manuel Barata Gomes
Os jovens empresários (de sucesso, pode dizer-se) Margarida e António José
Cardoso, filhos do saudoso "Nené", que tão bem lhe souberam continuar a obra
Fernando Pessoa, o "Senhor Alfoz"
O empresário Abel Correia com sua Mulher, Rosária e Margarida Prates
George Martins Jr., cabo dos Forcados de Turlock (que hoje regressam aos
Estados Unidos após brilhante digressão europeia) com Manuel Guerreiro,
Alberto Gama e elementos do grupo
Bernardo Prates, antigo valoroso forcado do Aposento da Moita
Dr. Henrique Telles Bastos e seu pai, Dr. João Bastos
Manuel Ribeiro Telles Bastos: triunfo de valor ontem em Alcochete
Duarte Chaparreiro, uma lenda viva da fotografia taurina
Rui Salvador e João Pedro Silva
João Prates "Belmonte" e George Martins
Paula e Cláudia Cardoso
Marcelo Lóia, cabo dos Forcados do ABV de Alcochete: noite de triunfo naquela
que era a primeira corrida do grupo nesta temporada
A corrida foi presidida por Francisco Pinto, o aficionado presidente da Câmara
Municipal de Alcochete
Os campinos que ontem recolheram brilhantemente os toiros a cavalo e foram
muito merecidamente premiados com volta à arena no quarto da ordem
Os maiorais das ganadarias Palha e Canas Vigouroux
António Prates
Maria Maldonado, Bernardo Prates, Luis Cebola e seu pai, ex-cabos do Grupo
do Aposento do Barrete Verde de Alcochete
José Luis Hora "Machinó" e Francisco Costa Montezo, glórias da forcadagem
montijense, com o jovem Salvador Amaro Lopes, de 7 anos, promissor aluno
da Escola de Toureio do Montijo e seu avô, António Amaro, primo do saudoso
bandarilheiro António Gregório, que durante muitos anos foi bandarilheiro de
confiança do cavaleiro José Samuel Lupi

Fotos M. Alvarenga