segunda-feira, 5 de junho de 2017

Momentos de Glória ontem em Évora

José Núncio e Manuel Calejo Pires, vencedores dos prémios de bravura e de
apresentação, ontem, no 58º Concurso de Ganadarias de Évora
Melhor que nunca, como o vinho do Porto, António Ribeiro Telles teve logo a abrir
uma lide deslumbrante com o toiro branco de Calejo Pires, que ganhou o prémio de
apresentação
O toiro de Passanha serviu às mil maravilhas para o toureiro de arte e de temple
de João Moura Jr., que esteve brilhante e galvanizou o público com uma lide
de alto nível artístico e bem reveladora do momento de grande consagração que
está a marcar esta triunfal temporada do cavaleiro de Monforte
Reservado e com meias investidas, o toiro de Canas Vigouroux exigiu de Marcos
Bastinhas
muito esforço e empenho. O cavaleiro de Elvas esteve brilhante
Lição de cátedra a actuação de António Telles, a todos os títulos brilhante, com
o bravo toiro de Francisco Romão Tenório, que cresceu ao longo da lide. Uma
actuação mais, depois de Salvaterra, a marcar o momento brilhante que o
imparável Mestre da Torrinha atravessa! Enorme!
Sem repetir o êxito da sua primeira actuação, Moura Jr. esteve
regular na lide do seu segundo toiro, um exemplar de Veiga
Teixeira
muito bem apresentado
Actuação de um valor sem fim a de Marcos Bastinhas no último toiro, o poderoso
exemplar de Branco Núncio que venceu muito justamente o prémio de bravura.
Esteve o cavaleiro com atitude e deslumbrou, esperando o toiro à porta da gaiola,
dobrando-se muito bem e cravando a seguir três compridos de arrepiar, de praça a
praça, obrigando a banda a tocar e prosseguindo depois com uma séria de emotivos
curtos e um par de bandarilhas com a marca da casa

Fotos Maria Mil-Homens