quarta-feira, 6 de junho de 2018

Armando J. Moura esclarece: "Toiros de Reguengos são de Irmãos Moura Caetano e não da minha ganadaria"




Armando João Moura (foto da esquerda), ilustre ganadeiro e proprietário da ganadaria de Maria Guiomar Cortes de Moura (sua mãe), solicita-nos este esclarecimento: os imponentes toiros (fotos de cima) que no próximo domingo, 10 de Junho, vão ser lidados em Reguengos de Monsaraz na grande corrida em que actuam João Moura, Pablo Hermoso de Mendoza, João Moura Caetano e os forcados de Montemor e Monsaraz, "não são da minha ganadaria, mas sim da de Irmãos Moura Caetano", pese embora o facto de ainda ostentarem na espádua o ferro de Guiomar Moura.
Como se sabe, a famosa ganadaria foi dividida, em partilhas, tendo Armando João ficado com a divisa de Maria Guiomar Cortes de Moura e sua irmã, Dita Moura Caetano, com outra parte da camada que passou a ser designada como ganadaria de Irmão Moura Caetano.
Os toiros de domingo em Reguengos pertencem, de facto, à camada de Irmãos Moura Caetano, divisa que se estreou no ano passado, mas cujos toiros são ainda, originalmente, da ganadaria mãe (Guiomar Cortes de Moura).
Questionado pelo "Farpas", o empresário da praça de toiros de Reguengos de Monsaraz, Vasco Durão (foto da direita), da empresa Verdadeira Festa, diz-nos que "isso é uma não questão".
E explica:
"Os toiros, de facto, são propriedade de Irmãos Moura Caetano e quando os comprei perguntei ao Paulo Caetano e ao João Moura Caetano como queriam que os anunciasse. Eles deram-me carta branca para fazer como quisesse e eu entendi que os deveria anunciar como da ganadaria de Guiomar Cortes de Moura porque, na verdade, é esse ainda o ferro que ostentam na espádua. Não é questão que importe. Quando muito podemos dizer que os toiros são de Irmãos Moura Caetano com o ferro de Maria Guiomar Moura. Vai dar ao mesmo...".

Fotos Florindo Piteira, Maria Mil-Homens e Emílio de Jesus